Cuca rebate críticas ao DM tricolor após lesão de Toró: “Os caras dão a vida”

108

GazetaEsportiva

Marcelo Baseggio

Cuca tratou de defender o departamento médico do São Paulo após a derrota por 1 a 0 para o Goiás, nesta quarta-feira, em pleno Morumbi. Durante o jogo, Toró sentiu o músculo posterior da coxa esquerda e teve de ser substituído ainda no primeiro tempo, o que deixou boa parte dos torcedores possessa por conta dos recorrentes casos de problemas musculares no elenco.

“Todo mundo está sujeito a lesão. Hoje o Toró sentiu no mesmo lugar, jogador de velocidade, de arranque, sentiu na freada. O Pato também, é uma lesão que ocorre. Nessa loucura que é o futebol hoje em dia, correria desenfreada, contato toda hora, normal que você perca jogadores. Nas outras equipes também há desfalques. O DM do São Paulo é muito bom, a fisioterapia também. Os caras dão a vida, sofrem mais do que a gente algumas vezes”, afirmou Cuca.

Esse foi apenas o terceiro jogo de Toró desde que retornou de lesão. O atacante havia ficado mais de um mês sem disputar uma partida oficial por conta de um estiramento na coxa esquerda, mas, pouco depois de se recuperar, acabou sofrendo um novo problema no mesmo local – sua sequência pós-lesão durou apenas três partidas.

Recentemente, Alexandre Pato também acabou se tornando desfalque por conta de uma lesão muscular. O camisa 7 são-paulino sofreu um estiramento muscular na coxa direita durante um treinamento no CT da Barra Funda e desde o empate em 1 a 1 com o CSA não vem atuando pelo Tricolor. Sem Pato, Cuca e seus comandados venceram o Botafogo por 2 a 1 com Toró em seu lugar.

Com uma vitória nos últimos seis jogos, o São Paulo estagnou na sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, e perdeu a chance de dormir na terceira posição da tabela. Agora, o time comandado por Cuca terá de recuperar o prejuízo contra ninguém mais, ninguém menos que o Flamengo, no Maracanã, no próximo sábado.