Daniel Alves entra ao vivo no GE, comenta polêmicas no São Paulo e diz: “Sou da paz”

185

GloboEsporte

Jogador justifica erros em treino de finalizações e fala sobre críticas à imprensa.

Daniel Alves participou nesta quinta-feira, ao vivo, do Globo Esporte. Direto do CT do São Paulo, o jogador comentou com o repórter Felipe Diniz algumas polêmicas recentes.

Ele esclareceu um treinamento do elenco em que o aproveitamento em finalizações foi muito baixo – apenas quatro acertos em 27, número criticado pelo comentarista Casagrande. Segundo Daniel Alves, as falhas nas conclusões foram consequência de passes feitos justamente para dificultar a ação de quem chutasse a gol.

– Gostaria de esclarecer o nosso treinamento de outro dia, que parece que nosso treino é aquilo ali, e não é aquilo ali. A gente estava fazendo uma competição, eu não estava no momento, mas meus companheiros estavam fazendo a competição em que a equipe rival tinha que passar a bola para os outros no pior que podia. Para a gente, que entende de futebol, uma equipe estava dando para a outra os “passes traíras”. Era um confronto de equipes, em que uma não queria que a outra ganhasse. Então os passes eles davam na trairagem, entendeu? Para quicar a bola antes, para criar dificuldade para a equipe. No final das contas, você está ali competindo. Mas, normalmente, nossas finalizações são muito melhores do que aquele dia. Mas é aquilo, quando você não consegue os resultados, não consegue fazer gols, qualquer coisa gera polêmica – disse o jogador.

Daniel Alves em entrevista no CT — Foto: Marcelo Hazan

Daniel Alves também falou sobre as críticas à imprensa, feitas após o empate por 1 a 1 com o CSA, no último domingo. Na ocasião, ele disse que “a maioria da imprensa nunca jogou futebol, então ela gera desconforto dentro do clube”.

– Estamos em paz. Já viramos meme – disse o jogador, referindo-se ao momento em que invadiu uma gravação do repórter Felipe Diniz.

– Às vezes, você fala algumas coisas e as pessoas levam muito aos extremos. Quando eu falo que a maioria não sabe de futebol, é porque futebol não é só no campo, só interpretação no campo. É o que surge nos bastidores, as condições do jogo, do campo. Só realmente quem jogou sabe. Mas as pessoas são muito sensíveis. E quando você toca algumas fibras delas, pega todo o esquema, traz pra elas, e começam a achar que tem que fazer guerra, polêmica, tudo isso. Sou da paz, sempre bom esclarecer.

O São Paulo volta a campo sábado, às 11h, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. O clube tricolor é o sexto colocado no Brasileirão, com 32 pontos.