Jucilei volta a treinar no São Paulo e trabalha para recuperar físico

1523

UOL

Jucilei volta a trabalhar no São Paulo. Afastado do elenco por Cuca durante a pausa no Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa América, o volante retoma a rotina de treinamentos no CT da Barra Funda para recuperar o condicionamento físico – por enquanto ele tem programação em horários alternativos ao time principal. Ao menos neste momento, ele ainda não deve ser utilizado pelo técnico Fernando Diniz.

Fora dos planos de Cuca, ele havia sido liberado para procurar um outro clube. O meio campista havia até recolhido os seus pertences do CT. Ao lado de familiares, no Rio de Janeiro, ele trabalhava para manter a forma. Enquanto isso, os representantes buscavam oportunidades no mercado da bola.

O nome de Jucilei chegou a ser ventilado até mesmo no Corinthians. Porém, a negociação não andou – até mesmo porque o Alvinegro não considerava necessário trazer um jogador para o setor.

Jucilei tem contrato com o São Paulo até 31 de dezembro de 2021. Emprestado pelo Shandong Luneng, da China, o jogador chegou ao Morumbi em 2017. Não demorou para conquistar o seu espaço no time, sendo até uma das referências dentro de campo. Porém, perdeu rendimento já no ano passado. Pelo Tricolor paulista, desde a estreia em fevereiro de 2017, ele atuou em 104 confrontos e marcou um gol.

Com a chegada de Cuca nesta temporada, o volante, de 31 anos, até teve a chance de disputar a decisão do Campeonato Paulista, justamente contra o Corinthians. Porém, sem ritmo, não conseguiu se firmar.

O volante chegou a ser cogitado também em clubes do exterior, principalmente do Oriente Médio. Com o fechamento da maior parte das janelas de transferências, não sobraram muitas opções. Por isso, caso não feche nenhum negócio nos próximos dias, ele deve seguir no Morumbi. A tendência é de ele voltar ao CT já amanhã (1), mas pessoas ligadas ao atleta não confirmam a informação. Além de Jucilei, o clube chegou a afastar também Nenê e Bruno Peres – que fecharam com o Fluminense e o Sport, respectivamente.

Leia também: