Treinador lamenta xingamentos da torcida: “Esperei 15 anos para voltar aqui”

221

GazetaEsportiva

Cuca lamentou o fato de ter sido xingado por parte da torcida do São Paulo nos minutos finais da derrota para o Goiás, na última quarta-feira, em pleno Morumbi. Segundo o treinador, foi sua primeira experiência do tipo em toda a sua carreira, fato que o deixou bastante magoado.

“Estou muito triste, esperei 15 anos para voltar aqui. São coisas do futebol, também não vou culpar ninguém aqui porque não deu certo o meu trabalho. Primeira vez em todos os clubes que trabalhei no futebol que fui xingado. É a pior dor que existe, até dei risada de um cara que me chamou de cabelo de boneca”, comentou.

Cuca terminou sua passagem com nove vitórias, dez empates e sete derrotas (Foto: Reprodução)

Contratado para substituir André Jardine, Cuca só aceitou assumir o São Paulo caso o clube esperasse o fim de seu tratamento cardiológico. Raí aceitou o pedido do treinador e, enquanto isso, contou com Vagner Mancini como técnico interino.

A paciência da alta cúpula são-paulina para ter Cuca como treinador do clube era a prova da confiança que todos nos bastidores tinham em seu trabalho, porém, após apenas seis meses, o reconhecido técnico se tornou mais um a não conseguir mudar os rumos do Tricolor.

“A ideia de ir embora lógico que não é só minha. Se perguntar hoje para grande parte da torcida, ela também queria isso. As coisas não estão fluindo, tem que dar espaço para outro. Amanhã ou depois vou estar em outro grande clube e vou fazer um bom trabalho de novo”, concluiu.

 Confira este e outros vídeos em videos.gazetaesportiva.comPara a partida do próximo sábado, contra o Flamengo, no Maracanã, Vagner Mancini será o treinador do São Paulo, O coordenador de futebol já havia exercido a função de forma interina na reta final do Campeonato Paulista enquanto Cuca concluía seu tratamento, ajudando a levar o time, inclusive, à final do torneio.