Trocas de técnicos e reviravoltas: relembre horas intensas do Brasileirão

285

UOL

Das 14h48 de ontem (26) até as 16h08 de hoje (27), o futebol brasileiro viveu momentos intensos fora das quatro linhas como há muito não se via. Nesse período, quatro técnicos deixaram seus respectivos times — dois deles, São Paulo e Cruzeiro, já anunciaram os substitutos, enquanto Fortaleza e Fluminense ainda não definiram o novo comandante. Além disso, Vagner Mancini pediu demissão do cargo de coordenador de futebol do São Paulo, e o Fortaleza não demorou para fazer uma proposta a Rogério Ceni, técnico que deixou o clube para acertar com o Cruzeiro há apenas sete semanas.

Diante de tantas mudanças após a 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o UOL Esporte montou uma lista com a cronologia dos últimos acontecimentos. Confira a seguir como as últimas horas causaram mudanças profundas na competição, da queda de Cuca no São Paulo ao anúncio de Abel Braga no Cruzeiro. 14h48 Cuca pede demissão do São Paulo após derrota para o Goiás por 1 a 0 no Morumbi. O próprio treinador deu entrevista coletiva nesta tarde, ao lado do diretor executivo Raí, para explicar a saída. “Saio com sentimento ruim”, falou Cuca, que chegou a referir-se a uma “decisão conjunta” pelo final do trabalho.

15h54 Diretoria do São Paulo anuncia que Vagner Mancini será o técnico do time no duelo contra o Flamengo no próximo sábado (28). Após a saída de Cuca, Raí, executivo de futebol do clube, disse que o coordenador de futebol seria o técnico interino da equipe até a próxima semana. Ele seguiria na função até a definição do nome do novo comandante. Mal sabia o quão rápido viria o anúncio. 17h52 Rogério Ceni não resiste à queda de braço com Thiago Neves e acaba demitido do Cruzeiro. Segundo o clube mineiro, o treinador foi comunicado numa reunião realizada com o vice-presidente de futebol Itair Machado, na Toca da Raposa 2, assim que a delegação chegou da cidade de Fortaleza. Ceni ficou apenas oito jogos no posto.

23h46 São Paulo anuncia a contratação de Fernando Diniz. Apesar de ter anunciado Mancini como o técnico do São Paulo na partida contra o Flamengo, a diretoria tricolor decidiu seguir em outra direção e anunciou o novo comandante por meio das redes sociais do clube na calada da noite. O comunicado informou ainda que as atividades da manhã seguinte já teriam Diniz à frente. 0h48 Mancini pede demissão do cargo de coordenador de futebol do São Paulo. Minutos depois de o clube anunciar a chegada de Fernando Diniz, Mancini se pronunciou e decidiu deixar o São Paulo. “Desejo tranquilidade e leveza no desafio de uma reestruturação e no trabalho da nova comissão técnica”, disse.

10h35 Fortaleza anuncia a saída de Zé Ricardo após derrota para o Athletico-PR. Com uma vitória em sete partidas, o treinador durou pouco no cargo de treinador — ele chegou ao clube após o acerto entre Rogério Ceni e Cruzeiro, na segunda semana de agosto. 11h30 Oswaldo de Oliveira é demitido do comando do Fluminense. O treinador não resistiu ao momento ruim do time carioca no campeonato e deixou o cargo após o empate em 1 a 1 com o Santos e seu bate-boca na lateral do campo com Paulo Henrique Ganso. OSwaldo também ficou pouco na terceira passagem pelo clube, tendo substituído Fernando Diniz. Foram sete jogos, com duas vitórias, dois empates e três derrotas.

15h33 Após demitir Zé Ricardo, Fortaleza procura Ceni e faz oferta ao técnico. O clube decidiu pelo nome do ex-comandante para o lugar de Zé Ricardo, demitido horas antes. A diretoria agora espera a resposta do ex-técnico do Cruzeiro. 16h08 Cruzeiro confirma contratação de Abel Braga para substituir Rogério Ceni. Um dia depois de demitir o ex-goleiro, o clube mineiro oficializou a contratação de Abel, que estava desempregado desde o final de maio, quando pediu anunciou que deixaria o Flamengo. A contratação foi confirmada por Itair Machado, vice-presidente do clube mineiro, em entrevista na Toca da Raposa.