Diniz fala sobre mudanças e Dani Alves na lateral: “É o melhor do mundo na posição”

591

GazetaEsportiva

O técnico Fernando Diniz colocou em campo neste sábado o mesmo time que empatou com o Flamengo na rodada passada, entretanto, ao longo dos 90 minutos, o novo técnico do São Paulo promoveu mudanças elementares na equipe para sair de campo com a vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza, no Pacaembu.

Até então empatando em 1 a 1 com a equipe de Rogério Ceni, Fernando Diniz decidiu colocar Vitor Bueno na vaga de Hernanes e, posteriormente, Igor Gomes no lugar de Juanfran. Com isso, Daniel Alves saiu do meio e passou a jogar como lateral-direito, e foi assim que o Tricolor acabou chegando ao segundo e decisivo gol.

“O Daniel Alves taticamente é isso mesmo, trabalhamos para que ele e o Hernanes peguem muitas vezes na bola. Quem tem qualidade tem que fazer de tudo para deixar esses jogadores perto da bola. Tínhamos a necessidade de fazer o gol, colocamos onde ele [Daniel Alves] é o melhor jogador do mundo na posição, e ele contribuiu”, afirmou Fernando Diniz.

Apesar do resultado positivo, o São Paulo passou por alguns apuros ao longo da partida. No primeiro tempo, o time começou muito bem, pressionando o Fortaleza e abrindo o placar, mas não conseguiu manter a intensidade ao longo dos 90 minutos, fato que faz com que Fernando Diniz deixe o alerta ligado.“Eu acho que a leitura do jogo hoje não é difícil de ser feita. Nos 30 primeiros minutos, o time foi quase impecável, tivemos um volume muito grande de passes agressivos, jogo bonito, muitas entradas tanto de um lado quanto do outro. O momento negativo foi quando fizemos o gol e, por algum motivo, ficamos vacilantes entre continuar com a marcação mais alta e descer um pouco a marcação. O Fortaleza começou a jogar entre linhas até conseguirem fazer o gol de pênalti”, prosseguiu.

“Eu fiquei muito satisfeito no geral. Os jogadores têm muita qualidade, são inteligentes e vencedores, muitos deles identificados com o São Paulo. Meu trabalho foi muito facilitado pela qualidade dos jogadores. OS 30 primeiros minutos foram impecáveis, é muito difícil jogar contra os times do Rogério, ele tem os jogadores na mão e faz um trabalho excelente. Temos que valorizar a vitória, tivemos três ou quatro chances muito claras além dos gols, o time fez uma grande partida. Não conseguimos reproduzir os 30 minutos iniciais até o final do jogo, mas no segundo tempo fizemos uma partida boa, e o gol acabou saindo”, finalizou.