Ele perdeu o Mundial para SPFC e crê que futebol brasileiro precisa evoluir

1497

UOL

Brunno Carvalho

Luis García estava em campo quando um time brasileiro ganhou pela antepenúltima vez o Mundial de Clubes. Camisa 10 do Liverpool, ele viu Mineiro receber de Aloísio e marcar o gol do título do São Paulo em 2005. Desde então, apenas Internacional e Corinthians repetiram o feito, em 2006 e 2012, respectivamente. A escassez de títulos e evidente aumento da diferença para os europeus faz com que o ex-atacante espanhol acredite ser o momento para uma transição do futebol brasileiro. Para ele, o futebol não é mais o “Jogo Bonito”, nome dado ao tradicional estilo tupiniquim, de muitos dribles.

“Acredito que o futebol é feito de ciclos. O Brasil tem vários jogadores indo para a Europa, para a Ásia, mas agora é um momento para fazer uma transição para melhores categorias de base, trazer coisas novas. O futebol está mudando, não é mais o ‘jogo bonito’, não é mais segurar a bola e fazer algum truque. Futebol agora é mais agressivo, mais tático”, disse Luis García, em evento com os embaixadores do Campeonato Espanhol, em Madri, na Espanha.

Apesar de ver uma necessidade de transição, Garcia diz que não há uma fórmula correta para se jogar futebol. “Não existe jeito certo ou errado de jogar. O Brasil sempre foi o país do ‘jogo bonito’, de segurar a bola e fazer truques. Mas nesse estágio, se você olhar as grandes competições [La Liga, Campeonato Inglês], é um jogo baseado na velocidade, jogar duro, ser organizado. Não é mais uma questão de ter a bola, mas, sim, de quão rápido você chega no gol”.

“A Espanha quando foi campeã mundial [em 2010], o estilo de jogo era ter a bola. Mas chegou uma hora que isso não era mais suficiente. A Alemanha olhou o que a Espanha tinha feito e adicionou força, habilidade de fazer a bola chegar ao gol”, completou. A última vez que um time brasileiro esteve na final do Mundial de Clubes foi em 2017. Na ocasião, o Grêmio foi derrotado pelo Real Madrid por 1 a 0. *O jornalista viajou a convite de La Liga.

Ao contrário do informado anteriormente na legenda, a final do Mundial de 2005 foi entre São Paulo x Liverpool, e não Corinthians x Liverpool. O erro foi corrigido.