Fã de Pato, Diniz “antecipa” volta do atacante para adaptá-lo ao seu estilo

927

UOL/LancePress

Mesmo em pouco tempo de clube, Fernando Diniz já começou a mostrar a sua admiração por alguns jogadores do elenco do São Paulo. Um deles é Alexandre Pato, que ainda está em processo de recuperação de uma lesão na coxa direita, mas já conta com elogios públicos do novo comandante. Além disso, foi chamado para fazer parte do treinamento da última segunda-feira no CT da Barra Funda justamente para entrar em contato com a nova filosofia de jogo.

Contratado antes do início do Campeonato Brasileiro, Pato é um dos artilheiros do time no ano. Sua influência, no entanto, foi diminuída nos últimos meses por conta de lesões. A última delas ainda o mantém em recuperação: um estiramento na coxa direita durante treinamento, o que já o deixou fora de três partidas.

Fernando Diniz sabe da capacidade do camisa 7 e do que pode oferecer para a equipe durante sua passagem pelo clube e já disse aguardar pelo retorno do atleta ao ritmo de jogo. Em entrevista coletiva no últimos sábado, após o empate em 0 a 0 com o Flamengo, no Maracanã, o treinador exaltou a qualidade dos atletas do time e fez questão de citar Pato. “Para mim é supertranquilo ter jogadores de qualidade, ainda mais a dele. Vou falar o que falei para os jogadores, o Pato era para ter disputado duas Copas e estar indo para a terceira pelo imenso talento que tem. Onde ele entra não é o mais importante, mas sim ele ter condições e voltar para termos um jogador de qualidade jogando”, comentou o comandante.

E Diniz não perdeu tempo para poder trabalhar com Pato. Na última segunda-feira, em treinamento aberto para a imprensa, o técnico posicionou os jogadores para um treino tático fantasma, que praticou o toque de bola característico de sua filosofia de jogo. Depois de os titulares fazerem o exercício, foi a vez da equipe reserva, que já contou com o camisa 7. Mesmo visivelmente sem as condições necessárias para atuar, o atacante participou das movimentações táticas, deu alguns toques leves na bola e arriscou finalizações. Ainda que o retorno seja incerto para a partida do próximo sábado, Diniz pensa que trazer o atleta para se ambientar ao novo estilo de jogar vai antecipar etapas para quando Pato estiver plenamente recuperado, o que não atrapalharia sua programação de recuperação.

Nesta terça-feira, Diniz permitirá novamente que a imprensa observe todo o treinamento, a expectativa fica por conta da participação ou não de Pato na atividade de campo ou se cumprirá seu processo de tratamento na parte interna do CT. Se depender de Diniz, pelo jeito, o camisa 7 estará no gramado e deverá ser uma das apostas do treinador para o restante da temporada. O São Paulo volta a campo no próximo sábado, às 17h, para enfrentar o Fortaleza, no Pacaembu, já que o Morumbi receberá o show da banda Iron Maiden. Com 36 pontos, o Tricolor briga para ficar entre os seis primeiros colocados da tabela, e está a 13 pontos do líder Flamengo.