Fernando Diniz afirma que São Paulo é time que mais tem sua cara após dois meses

341

GloboEsporte

Técnico cita início no Tricolor e compara com Fluminense, Athlético-PR e Audax.

O técnico Fernando Diniz, do São Paulo, chegou a 48,8% de aproveitamento após 15 jogos no time (seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas).

Desde o dia 26 de setembro no clube, ele enxerga o São Paulo como time que mais tem a sua “cara” após dois meses, em comparação com trabalhos anteriores na carreira.

– Acho que o São Paulo tem a minha cara em muitos jogos. Se você relativizar o tempo em que estou no São Paulo e for no Audax com dois meses, Fluminense com dois meses e Athlético-PR com dois meses, o São Paulo é o time que mais tem minha cara. Relativizando de maneira absoluta, não. Se eu ficar aqui oito meses é um time que vai jogar tão ou melhor que o Fluminense no sentido tático. Isso eu asseguro – disse Fernando Diniz.

Nesta quarta-feira, o São Paulo tem uma “final” contra o Internacional, às 21h30, no Morumbi, por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores (os ingressos estão à venda com promoção: R$ 5 o mais barato).

Apesar da derrota por 3 a 0 para o Grêmio, o Tricolor está garantido na fase prévia da competição em 2020, por conta da vitória do Fortaleza sobre o Goiás.

Fernando Diniz e o auxiliar Marcio Araújo no desembarque do São Paulo nesta segunda-feira, em Congonhas — Foto: Marcelo Hazan

Fernando Diniz também comentou sobre a criação de jogadas do São Paulo, alvo de crítica no duelo com o Grêmio.

– Sobre criar não é um fator que está absoluto também. Contra o Vasco criamos para fazer dois, três ou quatro gols. Hoje concordo e em outras partidas também: Cruzeiro, Palmeiras… alguns jogos o time tem oscilado muito… tem jogo em que cria bastante e tem jogo que não cria. O que está sendo uma coisa mais uniforme é que tem aproveitado pouco, fazendo muito pouco gol. Hoje criamos pouco e não fizemos gol. Em alguns jogos, contra o Vasco, criamos muito mais do que aquilo que representou o jogo: foi só 1 a 0 – disse Fernando Diniz.

O São Paulo não treinou nesta segunda-feira. No fim da manhã o elenco desembarcou no aeroporto de Congonhas, na capital paulista, após retornar de Porto Alegre (veja na foto acima Fernando Diniz durante o desembarque). O voo do Tricolor aterrissou com alguns minutos de atraso. Não havia movimentação de torcedores no desembarque.

Nos últimos seis jogos o São Paulo venceu um (foram três derrotas e dois empates nas outras partidas). Apesar das críticas da torcida, nas últimas semanas o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, garantiu a permanência de Fernando Diniz para 2020. O técnico disse não se sentir pressionado pela declaração.

Por ter recebido o terceiro amarelo contra o Grêmio, Fernando Diniz não estará no banco de reservas do São Paulo no Morumbi para dirigir a equipe diante do Internacional. O auxiliar Marcio Araújo vai comandar o time.