Polêmica com Jean aumenta pressão por compra de Volpi e abre espaço para revelação no Tricolor

869

GazetaEsportiva

O processo de agressão doméstica sofrido nas férias nos Estados Unidos provavelmente vai abreviar a passagem de Jean com a camisa do São Paulo. O clube ainda não confirma a dispensa do reserva, mas deixou a entender em seu posicionamento através de notas oficiais que não irá mais aproveitar o arqueiro. Com isso, a diretoria tricolor se vê na obrigação de repensar suas opções para a meta na próxima temporada.

Agora, cresce a pressão para a compra em definitivo do goleiro Tiago Volpi, titular absoluto durante as competições de 2019. A direção tricolor já demonstrou interesse em adquirir em definitivo o atleta junto ao Querétaro, do México, porém a engenharia financeira não é tranquila: 5 milhões de dólares (mais de R$ 20 milhões).

Sem a presença de Jean, o jovem Lucas Perri aparece como o reserva imediato para 2020. Revelado nas categorias de base, o atleta sempre foi uma das opções da diretoria para fazer dinheiro em uma possível venda para o exterior. Ele chegou a ficar emprestado ao Crystal Palace, da Inglaterra, mas não permaneceu no exterior.

Publicidade

O jovem Denis Junior, quarto goleiro do elenco em 2019, pode ganhar também um degrau no Tricolor. O jogador alcançou muito sucesso na base tricolor com uma série de títulos, mas, aos 21 anos, ainda não estreou entre os profissionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

três × 2 =