SPFC coloca compra de Igor Vinícius por R$ 2 mi em previsão orçamentária

836

UOL

José Eduardo Martins

O São Paulo analisa como vai montar o seu elenco para 2020. Como publicou o UOL Esporte, a tendência é de investir menos em reforços e trabalhar para manter a maior parte dos jogadores. Afinal, além de avaliar o time de forma positiva, o clube enfrenta um momento financeiro turbulento. Neste sentido, de acordo com a previsão orçamentária do ano que vem, um reforço deve ser a manutenção do lateral direito Igor Vinícius, que está emprestado pelo Ituano até o fim de 2019.

Segundo a previsão orçamentária produzida pelo departamento financeiro e entregue para o Conselho de Administração, o Tricolor paulista vai desembolsar R$ 2 milhões para exercer a opção de compra dos direitos federativos e econômicos do ala. A previsão orçamentária será discutida hoje (2) no órgão. Caso seja aprovada, ainda será colocada em votação no Conselho Deliberativo.

Apesar de o São Paulo contar com Daniel Alves e Juanfran para o setor, Igor Vinícius é muito bem avaliado pelo departamento de futebol e pela comissão técnica. O jogador foi bastante elogiado também por sua postura quando o clube contratou os dois experientes laterais. Na época, ele não reclamou e se mostrou disposto a ajudá-los na adaptação. Aos 22 anos, Igor Vinícius também é considerado um jogador com potencial de valorização e venda futura. No total, o lateral disputou 29 partidas nesta temporada – sendo 18 no Brasileirão.

Na previsão orçamentária para os próximos anos não consta a verba para aquisição do goleiro Tiago Volpi. O arqueiro está emprestado pelo Querétaro, do México, até o fim deste ano. Para fechar o acordo, o Tricolor terá de pagar 5 milhões de dólares (R$ 21 milhões). O São Paulo já demonstrou o interesse em renovar o vínculo e talvez a negociação seja fechada ainda neste ano.