São Paulo discute opções a Walce, e pode pedir volta de zagueiro emprestado

433

UOL

Bruno Grossi

A grave lesão de joelho sofrida por Walce faz com que o São Paulo discuta como reforçar a defesa para este início de temporada. E a possibilidade vista como mais interessante pela comissão técnica, diante das dificuldades para gastar no mercado da bola, é a volta de um zagueiro formado em Cotia que está emprestado ao Portimonense, de Portugal. O jogador é Rodrigo, que subiu para o profissional em 2018 após ser capitão do time vice-campeão da Copa São Paulo naquele ano. Ele foi parceiro de Walce por muito tempo na base e estreou no time de cima sob comando de André Jardine em 2019, em vitória por 1 a 0 sobre o São Bento pelo Campeonato Paulista.

A diretoria do São Paulo já analisou o contrato de empréstimo de Rodrigo e pode ativar uma cláusula de retorno imediato. Fernando Diniz já foi avisado sobre esse cenário e gostou das referências que recebeu de Orlando Ribeiro, técnico do sub-20, e de Marcos Vizolli, que trabalhava na base e agora é membro da comissão técnica fixa do São Paulo. Além deles, André Jardine também referendou essa volta a Diniz. O ex-comandante do São Paulo é técnico da seleção brasileira olímpica, justamente onde Walce se lesionou ontem (12).

Rodrigo tem 21 anos e jogou 11 vezes pelo Portimonense, sendo dez como titular. A equipe faz péssima campanha e é a penúltima colocada no Campeonato Português.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

2 × 2 =