Diretor que chamou Rodrigo Caio de atleta de condomínio é desligado do SPFC

617

UOL

José Eduardo Martins

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, definiu hoje (12) à noite a saída de Rodrigo Roquette Gaspar do cargo de diretor executivo administrativo. A decisão foi comunicada após reunião, no Morumbi. Gaspar assumiu o cargo em 2017, mas ficou conhecido do grande público em 2016, quando era assessor da presidência e chamou o zagueiro Rodrigo Caio de “jogador de condomínio”. Na época, o time vivia mais um momento conturbado e o dirigente postou diversas críticas aos jogadores e integrantes da comissão técnica em sua conta do Twitter. Dias depois, ele chegou a pedir desculpas para o zagueiro.

Por ser um diretor remunerado, Gaspar estava licenciado do Conselho. Já a partir de abril, conselheiros licenciados só poderão ocupar cargos remunerados se renunciarem ao Conselho. No início deste ano, Leonardo Serafim, que também era integrante do órgão, deixou a diretoria executiva jurídica. O São Paulo não divulgou qual o motivo da saída de Gaspar nem se um substituto será escolhido para o cargo.