Arnaldo Ribeiro: “Diniz é um técnico barato e conveniente para o São Paulo”

232

UOL

O São Paulo tem eleições programadas para este ano, com Julio Casares e Marco Aurélio Cunha aparecendo como possíveis candidatos na sucessão a Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e os dois presidenciáveis no clube do Morumbi deram declarações favoráveis em relação à permanência do técnico Fernando Diniz.

No podcast Posse de Bola #33, o jornalista Arnaldo Ribeiro analisa a situação de Diniz, que pode se garantir no cargo, independentemente de quem vença a eleição, e que também tem apoio de outras personalidades importantes ligadas ao clube, como Muricy Ramalho e até Rogério Ceni, técnico do Fortaleza, mas que elogia o atual comandante do time paulista. Mas Arnaldo também ressalta que é preciso considerar que a falta de jogos não dá tanta consistência a esse apoio dos dirigentes.

“É muito conveniente para os candidatos ou pré-candidatos elogiarem o Fernando Diniz neste momento. O time não está jogando, quando parou o Fernando Diniz estava em alta, e tem uma questão sim de a gente perceber da relação boa do Fernando Diniz com os jogadores e com todos os funcionários do São Paulo, e uma questão ali que está passando despercebida que é o tal do custo-benefício, o Fernando Diniz para os padrões atuais é um técnico barato. O Mauro [Cezar Pereira] estava falando das dificuldades de renovação do Jesus [no Flamengo], a gente observa o Renato [Gaúcho] no Grêmio, o [Vanderlei] Luxemburgo no Palmeiras, o Fernando Diniz é um técnico ‘barato’ para o momento, conveniente para o momento do São Paulo, que também é muito difícil em termos econômicos”, diz Arnaldo.

“É interessante bancá-lo, só que a bola vai voltar a rolar daqui algum tempo, com portões fechados e tudo mais, e esses resultados vão poder comprovar se ele continua, de fato, com prestígio, ou não, do próximo candidato à presidência do São Paulo”, completa o jornalista. Rogério Ceni também elogia Fernando Diniz Arnaldo destaca a importância do apoio de Rogério Ceni por considerar que o ex-goleiro seria um candidato à vaga de Diniz com o fim da gestão de Leco, responsável pela demissão de Rogério em 2017.

“Bancando o Fernando Diniz além dos dois conselheiros, no discurso estão os jogadores do São Paulo, o ex-técnico Muricy Ramalho, que tem muito peso na sua opinião, falando bem do Fernando Diniz desde o início do ano, e até curiosamente o Rogério Ceni, numa entrevista que deu para a gente”, afirma o jornalista. “Rogério Ceni, em tese, seria o fantasma do Fernando Diniz, o cabo eleitoral mais simples tanto do Casares, quanto do Marco Aurélio, quanto de qualquer candidato. E quando o Rogério Ceni vem, conversa conosco e fala que o trabalho do Fernando Diniz é excepcional e que ele é um técnico muito bom e que ainda vai dar muitas alegrias à torcida do São Paulo, se o próprio Rogério Ceni diz isso, de fato, o Fernando Diniz está naquele momento encantado, mesmo que o time dele não esteja jogando”, finaliza o colunista do UOL.

Defesa ao técnico permanece em caso de derrotas? Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira reforçam que o apoio de Casares e Cunha a Diniz pode acabar assim que houver uma sequência de resultados ruins quando os jogos voltarem a acontecer. “Tome uma chapuletada nas quartas de final do Paulistinha, o que pode acontecer, isso já não é tão assim. Aí começa o Brasileirão e não vai bem, tem a eleição, já muda o discurso”, diz Juca.

“Se os dois, o candidato e o provável candidato falam que vão manter o técnico, é porque o momento do técnico é positivo, então por que alguém vai falar que vai tirar o técnico? A questão é, se amanhã o São Paulo estiver mal, eles vão sustentar essa posição? É provável que não”, afirma Mauro Cezar. Posse de Bola: Quando e onde ouvir? A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Leia também:

6 COMENTÁRIOS

  1. I really love your website.. Pleasant colors & theme.
    Did you make this website yourself? Please reply back as I’m
    trying to create my own website and would like to find out where you got this from
    or what the theme is called. Many thanks!

  2. You actually make it seem so easy with your presentation however I to find this matter to be really one thing that
    I feel I’d never understand. It kind of feels too complicated and extremely extensive for me.

    I am looking ahead in your subsequent publish, I’ll attempt to get the cling of it!

  3. Good day! This is kind of off topic but I need some advice from
    an established blog. Is it difficult to set up your own blog?
    I’m not very techincal but I can figure things out pretty quick.
    I’m thinking about making my own but I’m not sure where to begin. Do you have any points or suggestions?
    Thank you

  4. Just desire to say your article is as astounding.
    The clearness in your post is just cool and i can assume
    you are an expert on this subject. Fine with your permission allow me to grab
    your feed to keep up to date with forthcoming post.
    Thanks a million and please keep up the rewarding work.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

5 × 2 =