Veja por onde andam os 23 jogadores campeões mundiais pelo São Paulo em 2005

291

GloboEsporte

Eduardo Rodrigues e Marcelo Hazan

Saiba como estão os atletas inscritos por Paulo Autuori na competição.

A TV Globo e o GloboEsporte.com vão reprisar o jogo do título mundial do São Paulo em 2005, quando o time venceu o Liverpool por 1 a 0 na final, com gol de Mineiro. A transmissão será neste domingo, às 15h45, para os estados de SP (capital, interior e litoral), Santa Catarina, Paraná (menos a capital), Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Após quase 15 anos, você sabe dizer o que aconteceu com os 23 jogadores relacionados pelo São Paulo para viajar ao Japão?

São Paulo comemora título de campeão do Mundial de Clubes, em 2005 — Foto: Getty Images

São Paulo comemora título de campeão do Mundial de Clubes, em 2005 — Foto: Getty Images

Abaixo o GloboEsporte.com mostra por onde andam os atletas inscritos pelo Tricolor na competição.

Rogério Ceni – 47 anos

O ídolo e ex-goleiro se aposentou em dezembro de 2015 e virou treinador. Ele comandou o próprio São Paulo de janeiro a julho de 2017, quando foi demitido. Depois, assumiu o Fortaleza a partir de 2018, teve uma passagem de menos de dois meses pelo Cruzeiro, em 2019, e retornou ao Fortaleza, clube onde está até hoje.

Rogério Ceni defende chute de Gerrard, do Liverpool — Foto: Reprodução

Rogério Ceni defende chute de Gerrard, do Liverpool — Foto: Reprodução

Bosco – 45 anos

O ex-goleiro reserva no Mundial parou de jogar em 2011 e trabalha como empresário de jogadores desde 2019. Ele mora em Orlando, nos Estados Unidos.

Ex-goleiro reserva do São Paulo, Bosco é agente de jogadores atualmente — Foto: Lucas Liausu

Ex-goleiro reserva do São Paulo, Bosco é agente de jogadores atualmente — Foto: Lucas Liausu

Flávio Kretzer – 41 anos

O terceiro goleiro do São Paulo no Mundial saiu do Avaí como promessa e foi para o Tricolor. Depois rodou por vários clubes do Brasil. Ele parou de atuar em 2014. Hoje ele é diretor executivo de futebol.

Flavio Kretzer foi o terceiro goleiro do São Paulo no Mundial de 2005 — Foto: Arquivo Pessoal

Flavio Kretzer foi o terceiro goleiro do São Paulo no Mundial de 2005 — Foto: Arquivo Pessoal

Cicinho – 39 anos

Após o título Mundial, Cicinho defendeu equipes como Real Madrid, da Espanha, e Roma, da Itália. Em 2018, se aposentou no Brasiliense e se tornou palestrante.

Cicinho participou de evento no Morumbi com o São Paulo, em 2018 — Foto: Leandro Canônico

Cicinho participou de evento no Morumbi com o São Paulo, em 2018 — Foto: Leandro Canônico

Júnior – 46 anos

Após a aposentadoria, em 2010, o ex-lateral se aventurou no ramo empresarial. Abriu um restaurante em Belo Horizonte e atualmente cuida de seus negócios.

Junior jogou no São Paulo de 2004 a 2008 — Foto: Agência/VIPCOMM

Junior jogou no São Paulo de 2004 a 2008 — Foto: Agência/VIPCOMM

Fábio Santos – 34 anos

É um dos integrantes da delegação do Mundial de 2005 que segue na ativa. Depois do Tricolor, o lateral-esquerdo rodou por Cruzeiro, Santos, Grêmio e Corinthians (onde também venceu o Mundial, em 2012), além de Monaco e Kashima Antlers. Atualmente com 34 anos, ele está no Atlético-MG.

Fábio Santos em ação contra Antony, do São Paulo  — Foto: Marcos Ribolli

Fábio Santos em ação contra Antony, do São Paulo — Foto: Marcos Ribolli

Fabão – 43 anos

O ex-zagueiro pendurou as chuteiras em 2014. Atualmente mora com a família em Goiânia e tem uma empresa de construção civil. Ele não largou os esportes de forma definitiva e pratica jiu-jitsu e boxe.

Fabão participou da Legends Cup com o São Paulo, em 2019, no Morumbi — Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net

Fabão participou da Legends Cup com o São Paulo, em 2019, no Morumbi — Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net

Lugano – 39 anos

O ex-zagueiro uruguaio se aposentou em 2017. Hoje ele é diretor de relações institucionais do clube.

Lugano comemora título Mundial do São Paulo sobre o Liverpool — Foto: Arquivo Histórico do São Paulo FC

Lugano comemora título Mundial do São Paulo sobre o Liverpool — Foto: Arquivo Histórico do São Paulo FC

Alex Bruno – 38 anos

O ex-zagueiro parou de jogar em 2018. Hoje ele tem uma barbearia e é gerente do Camboriú Futebol Clube, da segunda divisão do Campeonato Catarinense.

O ex-zagueiro Alex Bruno parou de jogar em 2018 — Foto: Jonathan Bueno / Independente FC

O ex-zagueiro Alex Bruno parou de jogar em 2018 — Foto: Jonathan Bueno / Independente FC

Edcarlos – 35 anos

Titular no Mundial, Edcarlos é outro integrante da delegação que segue na ativa. Em janeiro, o zagueiro foi apresentado no Juventude. Ele tem 35 anos.

Edcarlos foi apresentado pelo Juventude em janeiro deste ano — Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude

Edcarlos foi apresentado pelo Juventude em janeiro deste ano — Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude

Flávio Donizete – 36 anos

Até o ano passado, Flávio Donizete tentava retomar a carreira após sofrer com a dependência química. Seu último clube foi a Portuguesa.

Mineiro – 44 anos

Herói do título Mundial e autor do gol da vitória do São Paulo, o ex-volante Mineiro tem 44 anos e vive na Austrália, onde tem alguns projetos sociais e dá palestras. Em 2019, ele foi um dos embaixadores da Legends Cup, torneio de masters, no Morumbi.

Mineiro comemora gol do São Paulo na final do Mundial — Foto: Arquivo Histórico do São Paulo FC

Mineiro comemora gol do São Paulo na final do Mundial — Foto: Arquivo Histórico do São Paulo FC

Josué – 40 anos

Mineiro e Josué. Josué e Mineiro. Era difícil citar um dos dois jogadores sem lembrar da dupla de volantes. Titular na decisão, ele parou de jogar em 2015. Atualmente Josué vive em Goiânia com sua família e montou uma empresa de agenciamento de jogadores. Ele também atua em outros segmentos: tem uma fazenda, uma loja de veículos e uma clínica de diagnóstico de imagem, entre outros negócios.

Josué, do São Paulo, na final do Mundial contra o Liverpool — Foto: Arquivo Histórico do São Paulo FC

Josué, do São Paulo, na final do Mundial contra o Liverpool — Foto: Arquivo Histórico do São Paulo FC

Danilo – 40 anos

Titular na final de 2005, o meia parou de jogar. Depois de sair do Tricolor, ele defendeu Kashima Antlers e Corinthians. No rival ele também ganhou o Mundial de 2012, diante do Chelsea. Em entrevista recente, declarou que o Liverpool foi um adversário mais difícil. Seu último clube foi o Vila Nova.

Danilo (direita) e Gerrard, do Liverpool, na final de 2005 — Foto: Reuters

Danilo (direita) e Gerrard, do Liverpool, na final de 2005 — Foto: Reuters

Denílson – 32 anos

Jogador mais novo daquele elenco campeão do Mundial, com apenas 17 anos à época, Denílson defendeu o Arsenal, da Inglaterra, por cinco anos. Aos 32 anos, o volante está sem clube e segue uma rotina de treinos durante a pandemia.

Em 2011, Denilson voltou para o São Paulo, mas quase parou no Fluminense — Foto: Foto: Wander Roberto / Vipcomm

Em 2011, Denilson voltou para o São Paulo, mas quase parou no Fluminense — Foto: Foto: Wander Roberto / Vipcomm

Renan – 35 anos

Revelado pelo São Paulo em 2003, Renan rodou por diversos clubes após o título Mundial de 2005 e defendeu seu último time no ano passado. Atualmente, aos 35 anos, o ex-jogador concentra suas atenções nos estudos.

Volante Renan Teixeira — Foto: Mavian Barbosa / GloboEsporte.com

Volante Renan Teixeira — Foto: Mavian Barbosa / GloboEsporte.com

Souza – 41 anos

Aos 41 anos, Souza segue na ativa. Em Alagoas, o meia defende o Murici Futebol Clube, que até a paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus estava na liderança do torneio local.

Souza em ação pelo São Paulo na Legends Cup, em 2019 — Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net

Souza em ação pelo São Paulo na Legends Cup, em 2019 — Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net

Richarlyson – 37 anos

Hoje com 37 anos, ele é mais um dos atletas do elenco de 2005 na ativa. Richarlyson defende o Noroeste. Recentemente ele participou do podcast “GE São Paulo”. Clique aqui e ouça o programa.

Richarlyson joga no Noroeste — Foto: Bruno Freitas/EC Noroeste

Richarlyson joga no Noroeste — Foto: Bruno Freitas/EC Noroeste

Amoroso – 45 anos

Artilheiro do São Paulo no Mundial de 2005, Amoroso se aposentou em 2010, no Guarani, clube que o revelou. O ex-atacante, então, seguiu para a área da comunicação e atualmente é comentarista na “ESPN Brasil”.

Amoroso ao lado de Aloísio Chulapa na despedida de Rogério Ceni — Foto: Marcos Ribolli

Amoroso ao lado de Aloísio Chulapa na despedida de Rogério Ceni — Foto: Marcos Ribolli

Christian – 45 anos

Após se aposentar em 2011, Christian permaneceu no futebol. Como scout de jogadores, ele presta consultoria para clubes da Europa. Vive em Porto Alegre, sua cidade natal.

Aloísio Chulapa – 45 anos

Autor da assistência para o gol de Mineiro, Aloísio se tornou empresário no ramo de bebidas. Após se aposentar, em 2017, o ex-atacante abriu sua própria marca de cerveja em Alagoas.

Aloisio Chulapa em ação na Legends Cup — Foto:  Paulo Pinto / saopaulofc.net

Aloisio Chulapa em ação na Legends Cup — Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net

Grafite – 41 anos

Ele foi o único reserva usado pelo técnico Paulo Autuori no Mundial. O ex-jogador hoje é comentarista dos canais Globo.

Grafite, comentarista — Foto: Reprodução / TV Anhanguera

Grafite, comentarista — Foto: Reprodução / TV Anhanguera

Thiago Ribeiro – 34 anos

Apos o Mundial de 2005, Tiago Ribeiro rodou por inúmeros clubes e hoje, aos 34 anos, defende o Novorizontino. O atacante disputou o Campeonato Paulista deste ano, ainda sem uma definição devido à pandemia do coronavírus.

Atacante Thiago Ribeiro está no Novorizontino — Foto: Matheus Lima/Cidade Clube

Atacante Thiago Ribeiro está no Novorizontino — Foto: Matheus Lima/Cidade Clube

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

20 + 8 =