Arnaldo: “Em SP, muita gente se elegeu no combate às torcidas organizadas”

88

UOL

Há quatro anos os clássicos do futebol paulista são jogados com torcida única e desde os anos 90 houve muitas proibições nos estádios devido às brigas das torcidas organizadas. Fatos levaram a uma politização do tema, com pessoas se notabilizando no combate à violência no futebol. No podcast Posse de Bola #35, o jornalista Arnaldo Ribeiro afirma que as proibições só pioraram o futebol e que o combate às torcidas organizadas serviu para eleger políticos que utilizaram o tema como bandeira em campanhas, como o procurador Fernando Capez, que foi deputado estadual em São Paulo pelo PSDB, mas não conseguiu a reeleição em 2018.

“Em São Paulo, particularmente, muita gente se elegeu no combate às torcidas organizadas, deputado, vereador e tudo mais. Em 1995, começaram as proibições, as proibições, a meu ver, desencontradas, que visavam controlar em tese a violência, mas tiraram muito da festa dos estádios, das coisas positivas, da bandeira, das faixas, do batuque, da cerveja…”, afirma Arnaldo (disponível no vídeo a partir de 19:13).

“Em São Paulo é muito latente esse movimento que data da década de 1990 e desde então a relação Polícia Militar e a torcida organizada é a relação que a gente viu na avenida Paulista, é basicamente isso. Quem vai num estádio de futebol sabe, qualquer assoprão de um lado, é porrete”, completa o jornalista. Arnaldo cita até mesmo protestos em relação a críticas políticas feitas pelas torcidas, que tiveram faixas retiradas dentro de estádios. “Quando a própria Gaviões da Fiel nos estádios, dentro dos estádios, ousava mostrar alguma faixa de protesto, era pau. Então, essa relação conflituosa, que data já desde a década de 90, aqui em São Paulo, ela é nefasta”, conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir? A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Leia também:

1 COMENTÁRIO

  1. I have learn some good stuff here. Definitely
    price bookmarking for revisiting. I wonder how much attempt you put to create such a great informative site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

um × 3 =