Quem sobe e quem desce: veja avaliação dos jogadores do São Paulo após eliminação no Paulista

598

GloboEsporte

Derrotado pelo Mirassol, Tricolor voltará a campo no próximo domingo, pelo Brasileirão.

O São Paulo foi eliminado pelo Mirassol nas quartas de final do Paulistão e agora só voltará a campo contra o Goiás, no próximo dia 9 de agosto (domingo), fora de casa. Será sua estreia no Brasileirão.

Abaixo, o ge mostra quais titulares saem em alta e em baixa após o estadual. A avaliação leva em conta o desempenho em toda a competição (antes e depois da paralisação).

Estes jogadores devem iniciar o Brasileirão comandados pelo mesmo treinador. Não há informação nos bastidores de movimentação por uma troca na comissão técnica chefiada por Fernando Diniz.

Os titulares do São Paulo na eliminação para o Mirassol no Morumbi — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Os titulares do São Paulo na eliminação para o Mirassol no Morumbi — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Sobe

  • Pablo: fez três gols em dois jogos e é o melhor jogador do time depois da paralisação do futebol por causa da pandemia de Covid-19.Virou o artilheiro do elenco na temporada, com seis gols.
  • Tiago Volpi: errou no terceiro gol do Mirassol e no gol do Guarani (vitória por 3 a 1 na Vila Belmiro na 12ª rodada), partida na qual fez cinco grandes defesas. No contexto geral do Paulistão, foi um dos destaques do time. Não tem um reserva à altura.
  • Daniel Alves: é o vice-artilheiro no ano, com cinco gols, e virou a peça mais efetiva do time, com 25 jogos e participação direta em dez gols (fez seis e deu quatro assistências). Assim como a maior parte da equipe, jogou mal na eliminação para o Mirassol.
  • Tchê Tchê: participou da jogada dos dois gols contra o Mirassol e é um dos atletas mais usados por Fernando Diniz entre os titulares. Jogou 13 das 15 partidas na temporada.
Pablo voltou bem da paralisação do futebol — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Pablo voltou bem da paralisação do futebol — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Desce

  • Juanfran: o lateral tomou bola nas costas no segundo gol do Mirassol e teve dificuldades de fechar a linha. É um dos integrantes do sistema defensivo titular que sofreu seis gols em dois jogos, contra Bragantino e Mirassol, no Morumbi. Foi substituído no intervalo da eliminação por Igor Vinícius e pode perder a posição.
  • Arboleda: se atrapalhou com Tiago Volpi no lance do terceiro gol do Mirassol, viu a bola passar na sua frente no cruzamento do segundo gol, de contra-ataque, e é outro integrante do sistema que sofreu seis gols em dois jogos.
  • Bruno Alves: assim como o restante do sistema defensivo, não conseguiu manter o bom rendimento de antes da paralisação. No entanto, deverá seguir como titular do time ao lado de Arboleda.
  • Reinaldo: deixou espaço no seu setor e não conseguiu recompor no segundo gol do Mirassol, de contra-ataque. Recebeu cartão amarelo desnecessário contra o Bragantino. Mas participou de 13 das 15 partidas da temporada, fez dois gols e deverá seguir como titular.
  • Igor Gomes: produziu muito pouco diante do Mirassol e ficou longe de ser o jogador importante que foi antes da paralisação. Errou na marcação do escanteio que originou o primeiro gol do Mirassol. Apesar disso, é apontado como o principal jovem do elenco após a saída de Antony.
  • Pato: era um dos destaques do time até a paralisação e não manteve o ritmo na retomada. Tentou fazer gols em cabeceios e finalizações, mas também esteve abaixo do esperado.
  • Vitor Bueno: foi mal diante do Bragantino, partida na qual acabou substituído, e se recuperou com gol e assistência na derrota para o Mirassol. No geral, a avaliação interna é de que pode entregar mais.
São Paulo foi eliminado pelo Mirassol no Morumbi — Foto: Marcelo Hazan

São Paulo foi eliminado pelo Mirassol no Morumbi — Foto: Marcelo Hazan

Leia também:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

dezoito − 5 =