São Paulo terá ‘sequência de fogo’ com Libertadores e líder do Brasileirão

5

UOL

A sequência de jogos do São Paulo nas próximas semanas será uma verdadeira prova de fogo. Após o empate no clássico contra o Santos no último sábado, o time de Fernando Diniz agora se prepara para um dos momentos mais desafiadores na temporada até aqui. A partir de quinta-feira, o Tricolor inicia a agenda de quatro compromissos até o fim de setembro: três pela Libertadores — contra River Plate (dias 17 e 30) e LDU (dia 22) — e um pelo Campeonato Brasileiro, contra o líder Internacional, no dia 26. Dos quatro jogos, somente um será em casa.

Os compromissos podem ser decisivos para os planos da equipe na temporada. Na competição continental, o São Paulo soma os mesmos três pontos de River, LDU e Binacional no Grupo D. Para não se complicar na disputa, o time precisará somar pontos contra aqueles que são considerados os adversários diretos na briga pela classificação. No Brasileirão, o confronto diante do Inter não será menos importante. Após dois tropeços frustrantes, o time de Diniz precisa da vitória para não se distanciar da ponta tabela. Atualmente, o São Paulo é o terceiro colocado, com 18 pontos — dois atrás do líder.

Tudo isso acontece em um momento que o São Paulo busca diminuir a oscilação. Nos últimos jogos, a equipe empatou com Red Bull Bragantino, com o adversário desperdiçando dois pênaltis, e Santos, em jogo marcado por falha do goleiro Tiago Volpi. Outro complicador será a ausência de Luciano para os compromissos da Libertadores. Um dos principais jogadores da equipe, o atacante precisa cumprir três jogos de suspensão no torneio por conta de uma briga generalizada no Gre-Nal, quando ele ainda atuava pelo Grêmio.

“Eu espero que ele não faça falta. Temos que acreditar que o jogador que entrar vai suprir a falta do Luciano. Tivemos ausência do Pablo, do Daniel [Alves]. Mexemos no time de uma maneira sistemática de um tempo para cá. Não dá para pensar em quem não vai jogar. Quero acreditar, e acredito sempre, que quem vai entrar vai nos ajudar a fazer uma grande partida na quinta”, destacou Fernando Diniz. Sem Luciano e ainda com dúvida em relação a Pablo, o São Paulo tem Brenner, Paulinho Boia, Toró, Gonzalo Carneiro e Helinho como opções de ataque para Diniz. Outra opção improvável é Santiago Tréllez. O colombiano está inscrito na competição, mas não tem sido relacionado pela comissão técnica.

Veja a sequência de jogos do São Paulo: São Paulo x River Plate (quinta-feira) LDU x São Paulo (dia 22 de setembro) Internacional x São Paulo (dia 26 de setembro) River Plate x São Paulo (dia 30 de setembro).

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

seis + dezesseis =