São Paulo volta à Libertadores sem reforços para fase de grupos

7

GloboEsporte

Prazo de inscrições para esta etapa terminou na semana passada; Luciano, contratado recentemente, está suspenso por três jogos.

O São Paulo não terá reforços na fase de grupos da Copa Libertadores. Mesmo que eventualmente contrate algum jogador, o Tricolor não poderá usá-lo nos quatro jogos restantes desta fase.

Isso porque o prazo de inscrições e trocas na lista para a retomada da competição terminou na semana passada.

Publicidade

Com isso, o São Paulo não poderá inscrever mais nenhum atleta na fase de grupos. Portanto, mesmo que eventualmente algum jogador seja contratado, ele só poderá estrear se o time avançar às oitavas de final, quando cinco trocas na lista serão permitidas.

O time volta a disputar a competição nesta quinta-feira, às 19h (de Brasília), no Morumbi, diante do River Plate, pela terceira rodada do Grupo D.

Fernando Diniz não terá reforços para fase de grupos da Libertadores — Foto: Marco Silva/Estadão Conteúdo

Fernando Diniz não terá reforços para fase de grupos da Libertadores — Foto: Marco Silva/Estadão Conteúdo

O regulamento do torneio, modificado devido à pandemia do novo coronavírus, permitia que cada clube fizesse até cinco trocas para esta fase.

Com as saídas de Alexandre Pato, Everton, Antony e Anderson Martins, o São Paulo incluiu Luciano, Paulinho Boia, Walce e Gonzalo Carneiro.

O atacante Luciano, única nova contratação do São Paulo para a temporada, foi inscrito, mas não poderá disputar as próximas três partidas (River Plate [em casa], LDU [fora] e River Plate [fora]) devido a uma suspensão de três jogos que sofreu ao se envolver em uma briga em partida contra o Internacional quando ainda defendia o Grêmio.

Além deles, outros dez jogadores, a maioria de base, entram na lista para fechar os 40 inscritos. Galeano, por exemplo, está entre eles.

Neste momento, o mercado da bola nacional está mais restrito, pois os times ultrapassaram sete jogos no Brasileirão. Atletas que atuaram esse número de vezes não podem defender outro clube na mesma competição.

Por isso, quando for buscar reforços, o mais provável é que o São Paulo olhe o mercado internacional.

Na Libertadores, os clubes que avançarem para as oitavas de final poderão fazer mais cinco trocas. Nas quartas e na semifinal mais três trocas. Para a final essa prática não será permitida.

Luciano está fora do São Paulo contra o River Plate — Foto: Marcos Ribolli

Luciano está fora do São Paulo contra o River Plate — Foto: Marcos Ribolli