Em jogo de poucas chances, São Paulo e Grêmio não saem do zero

26

GloboEsporte

Tricolores paulista e gaúcho alternam bons momentos, mas não levam perigo a Tiago Volpi e Vanderlei; Grêmio reclama de dois lances não marcados: expulsão no primeiro tempo e pênalti no segundo.

  • Sem pontaria, sem golsSão Paulo e Grêmio ficaram no empate em 0 a 0 na noite deste sábado, no Morumbi, num jogo entre duas equipes técnicas que procuraram ter a bola nos pés, mas pecaram nas finalizações e frearam a ascensão de ambos na tabela do Campeonato Brasileiro. Os goleiros Tiago Volpi e Vanderlei foram praticamente espectadores de rivais que criaram, mas não acertaram o pé. O duelo válido pela 17ª rodada gerou expectativa por reunir duas equipes bem montadas e com os técnicos há mais tempo em seus cargos na Série A: Fernando Diniz e Renato Gaúcho. Esperava-se bem mais.Melhores momentos: São Paulo 0 x 0 Grêmio pela 17ª rodada do Brasileirão 2020
  • Melhores momentos: São Paulo 0 x 0 Grêmio pela 17ª rodada do Brasileirão 2020
  • Como fica?
  • O empate leva o São Paulo aos 27 pontos, ainda em quarto lugar, mas com Santos e Fluminense na cola. O Grêmio vai a 21 e vê os adversários da parte de cima mais longe. 
  • Central do Apito
  • Grêmio reclamou de dois lances, um em cada tempo. Para o comentarista Sandro Meira Ricci, ambos com razão: de acordo com Ricci, Reinaldo deveria ter sido expulso no primeiro tempo após um empurrão em Pepê (fora da área), por ser o último homem em uma chance clara de gol. Na segunda etapa, para o comentarista, um pênalti de Reinaldo em Geromel deveria ter sido marcado. O VAR não chamou o árbitro Rafael Traci para analisar nenhum dos dois lances.Polêmicas no Morumbi: Grêmio pede pênalti em duas oportunidades contra o São Paulo
  • Polêmicas no Morumbi: Grêmio pede pênalti em duas oportunidades contra o São Paulo
  • Primeiro tempo
  • O São Paulo começou como dono do jogo e chegou a ter 86% de posse de bola nos primeiros 15 minutos. Com Daniel Alves na lateral, o Tricolor conseguiu encurralar o Grêmio, avançar com seus dez jogadores de linha e achar espaços com tabelas rápidas e boa circulação de bola. Faltou, porém, acertar o pé: Luciano, Brenner e Bruno Alves finalizaram sem perigo. O Grêmio se reencontrou aos poucos e colocou seus meio-campistas na partida. Em vez de apostar apenas em contra-ataques com Pepê, o time gaúcho também rodou a bola, equilibrou as ações e arriscou de longe: Maicon e Pepê criaram boas chances. Apesar disso, Vanderlei e Tiago Volpi mal sujaram seus uniformes na primeira etapa.
  • Maicon bate colocado, mas tira demais, e manda para fora, aos 45 do 1º tempo
  • Maicon bate colocado, mas tira demais, e manda para fora, aos 45 do 1º tempo
  • Segundo tempo
  • Logo de cara, São Paulo e Grêmio assustaram: um chute de Igor Gomes que exigiu boa defesa de Vanderlei e uma finalização de Kannemann após cabeceio de Geromel. O time de Renato Gaúcho foi mais incisivo, principalmente após as entradas de Ferreira e Jean Pyerre. Jogando mais no campo do São Paulo, o Grêmio rondou o gol de Tiago Volpi, pressionou a saída de bola e aproveitou erros do rival para criar oportunidades. Do lado do Tricolor, Daniel Alves deixou a lateral e passou para o meio-campo, mas foi responsável por alguns dos erros que favoreceram o Grêmio. O panorama não mudou, e o 0 x 0 se manteve.Sara cruza e Luciano, por pouco, não consegue chegar, aos 10 do 2º tempo
  • Sara cruza e Luciano, por pouco, não consegue chegar, aos 10 do 2º tempo
  • Atuações
  • Próximos jogosOs dois times voltam a jogar no meio de semana, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Já eliminado, o São Paulo recebe o Binacional na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), pelo Grupo D. O Grêmio, já classificado, recebe em sua Arena o América de Cali, quinta-feira, às 21h30, pelo Grupo E.

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

doze − 1 =