Tchê Tchê se transforma em concorrente para laterais recuperados de lesão

34

GazetaEsportiva

Recuperados de lesões que os deixaram de fora dos últimos jogos do São Paulo, Igor Vinícius e Juanfran voltaram à ativa com mais um concorrente pela titularidade na lateral direita. Sem opções para compor o setor, Fernando Diniz recorreu a Tchê Tchê, que já desempenhou essa função em outros clubes, como no Palmeiras, e ele não decepcionou o treinador, voltando até mesmo a balançar as redes depois de um longo período de seca, no último domingo, na goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo.

Juanfran volta a ficar à disposição para uma partida do Campeonato Brasileiro depois de um mês. O lateral-direito sofreu um estiramento no ligamento colateral medial do joelho esquerdo durante a vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO e voltou a ser relacionado para uma partida na última quarta-feira, na vitória por 4 a 3 sobre o Lanús, pela Sul-Americana, mas não entrou em campo.

Já Igor Vinícius sofreu uma contratura muscular no empate em 3 a 3 com o Fortaleza, jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, uma semana depois de Juanfran ter se machucado. A partir daí, o técnico Fernando Diniz se viu obrigado a fazer improvisações no setor. O camisa 2 do Tricolor voltou ao banco de reservas contra o Flamengo, no Maracanã, mas não foi acionado no Maracanã, tampouco na última quarta-feira, contra o Lanús.

Publicidade

Contra o Grêmio, no Morumbi, sem Juanfran e Igor Vinícius, Diniz, enfim, optou por escalar Daniel Alves como lateral-direito. Porém, o desempenho da equipe não agradou, e o treinador são-paulino acabou escolhendo Tchê Tchê para atuar improvisado, assim como já fez no Palmeiras e até mesmo no Audax, com o mesmo técnico que o comanda atualmente.

Vindo de cinco jogos como titular na lateral direita do São Paulo, Tchê Tchê conseguiu até mesmo acabar com a sua seca de gols que durava quase um ano e meio. Na goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo, o camisa 8 marcou um golaço, batendo no ângulo de Hugo Souza, para empatar a partida no Maracanã. A última vez que o volante havia balançado as redes foi justamente contra o time rubro-negro, em maio do ano passado.

Tendo o Goiás pela frente neste domingo, no Morumbi, iniciando o segundo turno do Campeonato Brasileiro dependendo apenas de si para liderar a competição, o São Paulo chega para partida com a grande dúvida na lateral direita: Tchê Tchê ou o retorno de um dos laterais de ofício. Escolha importante para Fernando Diniz, que carrega sobre seus ombros a pressão de ter sofrido mais uma eliminação na última quarta-feira.

APROVEITE E LEIA TAMBÉM:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

2 × 5 =