Raí descarta saída de Diniz após má sequência do São Paulo: “Confiança total”

22

GazetaEsportiva

Sem vencer há quatro partidas no Campeonato Brasileiro, o São Paulo viu a liderança do Nacional escapar de suas mãos faltando apenas oito rodadas para o fim do torneio. Com isso, a pressão em cima do técnico Fernando Diniz voltou a aumentar, principalmente após a acachapante goleada sofrida para o Internacional, por 5 a 1, em pleno Morumbi.

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira, no entanto, Raí, atual coordenador técnico do clube, deixou claro que não há possibilidades do comandante tricolor ser demitido no momento. Segundo o ex-jogador, a confiança em cima do trabalho de Diniz é total.

“A gente se reuniu com o Diniz, mas nem se tocou nesse assunto (demissão). A confiança é total e o foco foi todo na recuperação, o que pode ser feito e melhorado. Quando você chega no nível que chegamos e tem a queda de rendimento que tivemos, é difícil você apontar apenas uma razão. Para recuperar, é muito trabalho, que é o que o Diniz mais sabe fazer”, disse.

Publicidade

O dirigente ainda destacou que não há problemas nos bastidores do São Paulo e voltou isentar Diniz de qualquer culpa pelo mau momento da equipe na temporada.

“Não há nenhum problema fora de campo. Inclusive, a gente vê nos treinamentos todas as alternativas que ele treina. O time atingiu a primeira colocação e passou a ser um time muito visado, estudado, e o Diniz continua nos dando várias alternativas. É dentro de campo, com o trabalho do dia a dia, vídeos e conversa. Temos tudo para recuperar tudo que a gente fez ate aqui e acrescentar ainda mais, para que a gente volte para o caminho do título”, finalizou.

O Tricolor volta a campo no próximo sábado, às 19 horas (de Brasília), diante do Coritiba, no Estádio do Morumbi. Em caso de triunfo e tropeço do líder Internacional, o clube paulista retoma a liderança.

LEIA TAMBÉM: