Contratações, dívidas, nova diretoria… Confira balanço dos 100 dias de Julio Casares no São Paulo

758

GloboEsporte

Presidente do Tricolor estipulou 50 metas para o período e enfrentou desafios.

No dia 4 de janeiro de 2020, o presidente eleito do São Paulo, Julio Casares, concedia sua primeira entrevista coletiva para apresentar as metas dos primeiros 100 dias no cargo e planos da sua gestão.

Nesta quarta-feira, o presidente completa a marca dos 100 dias e promete uma entrevista coletiva nos próximos dias para apresentar o que foi cumprido das 50 metas estabelecidas para o período.

Publicidade

Abaixo, o ge mostra um balanço das mudanças que aconteceram no futebol, nas finanças e nos bastidores do Tricolor neste início de trabalho do presidente do São Paulo.

Chegadas e saídas

O treinador escolhido para iniciar o trabalho da nova diretoria foi o argentino Hernán Crespo. E com ele no comando o elenco teve algumas novidades.

Jogadores como Tchê Tchê, Toró e Tréllez não teriam espaço com o técnico e foram emprestados. Gonzalo Carneiro e Juanfran, por sua vez, não tiveram o contrato renovado. Brenner foi vendido.

Em contrapartida, Crespo ganhou reforços. A diretoria contratou seis jogadores para a temporada: Miranda, Eder, William, Bruno Rodrigues, Benítez e Orejuela. Os três primeiros são jogadores experientes e que elevam a média de idade do elenco.

Casares apresenta Crespo no São Paulo — Foto: Divulgação

Casares apresenta Crespo no São Paulo — Foto: Divulgação

Quase sem mudanças na folha salarial

Apesar das saídas de Juanfran e Tchê Tchê, dois altos salários pagos até a temporada passada, a folha salarial do São Paulo sofreu pouca alteração em relação à gestão de Leco.

A soma dos salários dos novos contratados faz com que a mudança seja mínima. A estimativa é de que houve uma diminuição de apenas 1% da folha salarial em comparação à virada do ano de 2020 para 2021.

O Tricolor ainda permanece com altos salários em seu elenco. São os casos de Daniel Alves e Hernanes, por exemplo.

Daniel Alves tem um dos maiores vencimentos do elenco do São Paulo — Foto: Reprodução/Twitter

Daniel Alves tem um dos maiores vencimentos do elenco do São Paulo — Foto: Reprodução/Twitter

Renegociação das dívidas (ainda altas)

Quando Julio Casares assumiu a presidência do São Paulo, a dívida do clube era de cerca de R$ 600 milhões. Para tentar diminuir o prejuízo, uma das alternativas foi vender o atacante Brenner para o FC Cincinnati, dos Estados Unidos.

A venda rendeu R$ 70 milhões aos cofres do Tricolor, que pode faturar ainda mais por algumas metas conquistadas. O dinheiro foi importante para o clube iniciar a renegociação de algumas dívidas.

Brenner deixou o São Paulo em alta rumo ao futebol dos EUA — Foto: Divulgação/saopaulofc.net

Brenner deixou o São Paulo em alta rumo ao futebol dos EUA — Foto: Divulgação/saopaulofc.net

A mais urgente no momento era com os jogadores, que tiveram parte dos salários cortados no ano passado devido à pandemia do novo coronavírus e também uma redução nos direitos de imagem. Na semana passada, a diretoria começou a negociar esses valores.

Outra pendência negociada foi com o técnico do vôlei feminino, José Roberto Guimarães.

O clube também trabalha para pagar as dívidas da negociação de Tchê Tchê, com o Dynamo de Kiev, Kaká, com o Orlando City, e a de Tiago Volpi, com o Querétaro, do México.

Sem patrocinador máster

Após não entrar em um acordo pela renovação do patrocínio máster com o Banco Inter, o São Paulo encontra dificuldades para fechar um novo parceiro para a parte mais nobre de sua camisa.

O clube acredita que a área do peito da camisa vale muito mais do que o antigo patrocinador pagava, e por isso negocia com diversas empresas na tentativa de fechar um negócio que seja vantajoso.

São Paulo joga Paulistão sem patrocinador máster — Foto: Marcos Ribolli

São Paulo joga Paulistão sem patrocinador máster — Foto: Marcos Ribolli

Nova diretoria de futebol

O presidente Julio Casares começou a mudança na diretoria de futebol antes mesmo de terminar o Campeonato Brasileiro. O primeiro a ser demitido foi Alexandre Pássaro. Dias depois foi a vez de Raí.

Rui Costa foi contratado para ser o diretor-executivo de futebol no lugar do ídolo do Tricolor. Muricy Ramalho foi nomeado como coordenador de futebol, enquanto Carlos Belmonte assumiu como diretor de futebol, cargo que não existia na gestão passada.

Nas categorias de base, Marcos Biasotto foi contratado para ser o diretor-executivo.

Muricy Ramalho em reunião com elenco do São Paulo — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc

Muricy Ramalho em reunião com elenco do São Paulo — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc

Figuras ilustres nos bastidores

Além de Muricy Ramalho na diretoria de futebol profissional, outros ídolos fazem parte de setores do clube. O CAF (Comitê Avançado de Futebol), por exemplo, auxiliará nas decisões do futebol e tem Kaká como um dos membros.

Zetti, por sua vez, foi contratado para ser o coordenador da preparação de goleiros das categorias de base. Já Milton Cruz, com um grande histórico no São Paulo, chegou para também trabalhar na base.

Veja a coletiva de apresentação de Zetti como coordenador de goleiros da base do São Paulo

Veja a coletiva de apresentação de Zetti como coordenador de goleiros da base do São Paulo

Fora esses nomes com algum cargo, a diretoria também tenta resgatar a figura de ídolos em ações. Nas contratações de jogadores para esta temporada, por exemplo, ex-jogadores que marcaram de alguma forma foram chamados para apresentar o clube ao novo contratado.

Essa postura fez com que Richarlyson tivesse a promessa de que seu nome será incluído na calçada da fama do Morumbi.

Alex no sub-20

Alex nunca jogou no São Paulo, mas fez história no futebol atuando em clubes do Brasil e da Europa e surpreendeu ao ser anunciado como o novo treinador do sub-20 do Tricolor.

O ex-jogador terá sua primeira experiência como técnico no Tricolor. O projeto é que Alex resgate na base o “conceito São Paulo”, com filosofia de trabalho de nomes como Cilinho, Muricy e Telê Santana, referências da gestão.

Alex é apresentado no São Paulo onde vai treinar o Sub-20

Alex é apresentado no São Paulo onde vai treinar o Sub-20

1 COMENTÁRIO

  1. I was curious if you ever considered changing the page layout of your site?
    Its very well written; I love what youve got to say. But
    maybe you could a little more in the way of content so people could connect with it
    better. Youve got an awful lot of text for only having 1 or
    2 pictures. Maybe you could space it out better?