São Paulo teve 11 jogadores expulsos nas últimas 19 partidas de Libertadores; veja lista

25

GloboEsporte

Leonardo Lourenço

Nesta temporada são dois cartões vermelhos em três jogos, mas problema começou em 2016.

Independentemente da justiça ou não da decisão da arbitragem, William foi expulso e deixou o São Paulo aproximadamente 15 minutos com dez jogadores diante do Racing, na Argentina.

Publicidade

O resultado de 0 a 0 minimiza o cartão vermelho, mas não um velho problema disciplinar do time tricolor nas últimas participações de Copa Libertadores.

Com exceção a 2020, quando a equipe caiu ainda na fase de grupos, mas sem qualquer jogador expulso, o São Paulo acumula cartões vermelhos na principal competição continental, e em 2021 o alerta está aceso com duas expulsões em apenas três rodadas.

O problema disciplinar cresce se acumuladas as últimas participações do time na competição sul-americana. Nos últimos 19 confrontos de Libertadores, o São Paulo teve 11 jogadores expulsos.

William, do São Paulo, recebe cartão vermelho contra o Racing — Foto: Staff images /CONMEBOL

William, do São Paulo, recebe cartão vermelho contra o Racing — Foto: Staff images /CONMEBOL

Além de William, Léo também foi expulso, logo na estreia, diante do Sporting Cristal, no Peru. Ou seja, nos dois confrontos como visitante no torneio, o São Paulo terminou com 10 atletas.

O zagueiro ficou fora do duelo contra o Rentistas e retornou somente nesta quarta-feira, entrando no segundo tempo da partida no estádio El Cilindro.

No ano de 2019, mesmo eliminado na fase de qualificação em duelo com o Talleres, o São Paulo acumulou dois jogadores expulsos: Hudson no confronto de ida e Éverton na volta.

Em 2016, na campanha que parou somente na semifinal para o campeão Atlético Nacional, a equipe tricolor teve sete atletas expulsos durante toda a competição. Inclusive, na eliminação contra os colombianos, Wesley e Lugano acabaram recebendo o vermelho.

Hudson foi expulso na ida contra o Talleres — Foto: Agustin Marcarian/Getty Images

Hudson foi expulso na ida contra o Talleres — Foto: Agustin Marcarian/Getty Images

Antes de pensar novamente na Libertadores e diante desta questão disciplinar, o São Paulo retorna a campo no domingo para encarar o Mirassol, pela última rodada da fase de grupos do Paulistão.

Depois do duelo no interior, o time de Hernán Crespo se concentra novamente para atuar fora de casa pelo torneio sul-americano. Na quarta-feira, o rival será o Rentistas, no Uruguai.

Confira as 11 expulsões do São Paulo no período:

2021

  • William (Racing)
  • Léo (Sporting Cristal)

2019

  • Éverton (Talleres, volta)
  • Hudson (Talleres, ida)

2016

  • Wesley e Lugano (Atlético Nacional, volta)
  • Maicon (Atlético Nacional, ida)
  • Centurión (Toluca, volta)
  • Denis e Calleri (Strongest)
  • João Schmidt (River Plate)