Rigoni mostra versatilidade em seus primeiros testes no São Paulo e vira opção para Crespo

112

GazetaEsportiva

Recém-contratado, Emiliano Rigoni ganhou nesta terça-feira a sua primeira chance como titular do São Paulo. E apesar do pouco tempo de clube, o argentino já conseguiu passar uma ótima impressão para a torcida tricolor.

Depois de ter atuado por 45 minutos na derrota de 2 a 0 para o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro, como um meia, o atleta de 28 anos foi escalado como um ala-direita na goleada de 9 a 1 sobre o 4 de julho, pela Copa do Brasil.

E a escolha de Hernán Crespo de colocá-lo pela beirada do campo funcionou. Ao longo da primeira etapa, Rigoni deu profundidade ao São Paulo pela direita e ainda desafogou o lado esquerdo, que costuma ser o mais explorado pelo time. Em uma de suas descidas ofensivas, aliás, ele encontrou um cruzamento preciso para Gabriel Sara, que marcou o terceiro gol tricolor.

Publicidade

“Joguei poucas vezes nessa posição, mas em uma equipe que joga com a bola no pé é muito mais fácil. As ocasiões defensivas não foram tantas, fui muito mais ao ataque, então me senti muito cômodo. Falei com o técnico e com a comissão que era uma posição que eu não havia jogado muito, mas podia fazer. Estou muito feliz, creio que deu frutos”, disse à Spfc TV.

Já na volta do intervalo, o argentino foi deslocado para o meio. Isso porque Crespo sacou Eder e colocou Igor Vinícius, que passou a exercer a função de ala-direita. Mesmo com a mudança, ele seguiu bem e mostrou muita qualidade para driblar e finalizar, tanto com a perna direita quanto com a esquerda.

E a sua boa atuação foi premiada com um gol, aos 17 minutos do segundo tempo. Após errar um passe, Rigorni recuperou a bola, invadiu a área e finalizou forte. A bola desviou na marcação, encobriu o goleiro e morreu no fundo da rede.

Com a sua versatilidade, portanto, Rigoni virou uma boa opção para Hernán Crespo, seja mais centralizado ou pelas beiradas do campo.

O São Paulo volta a campo agora no domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Atlético-MG, no Mineirão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia também: