Bastidores: Marquinhos chora no vestiário após gol pelo São Paulo e assiste à festa no CT de Cotia

423

GloboEsporte

Atacante de 18 anos estreou como titular e ajudou o Tricolor na Libertadores.

O atacante Marquinhos foi o nome do São Paulo na classificação para as quartas de final da Libertadores na última terça-feira. Aos 18 anos, o garoto teve sua primeira chance no time titular, fez um gol e deu uma assistência.

Na comemoração em campo, Marquinhos sorriu e abraçou os companheiros. No vestiário do El Cilindro, estádio do Racing, porém, ele não conteve as lágrimas, como mostrou a SPFCtv (veja no vídeo no final da reportagem).

Publicidade

– Foi um momento que esperei tanto na minha vida que era fazer um gol com a camisa do São Paulo no profissional. Estou muito feliz, não tinha jeito melhor de sair o primeiro gol como foi hoje. Em uma Libertadores, estreia como titular e o gol que ajudou muito a equipe para a classificação para as quartas de final – afirmou.

Marquinhos, do São Paulo, chora no vestiário após gol — Foto: Reprodução

Marquinhos, do São Paulo, chora no vestiário após gol — Foto: Reproduçãohttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O gol de Marquinhos foi muito comemorado no CT da base, em Cotia, onde o jogador chegou aos oito anos. Em um vídeo publicado pelo meia Mateus Manso no Instagram, foi possível ver a euforia da molecada na concentração.

Ainda no estádio do time argentino, Marquinhos assistiu ao vídeo e agradeceu os companheiros com quem ele cresceu no centro de treinamento.

São Paulo vence Racing e se classifica para as quartas da Libertadores

São Paulo vence Racing e se classifica para as quartas da Libertadores

– Sem palavras. Quero agradecer meus companheiros que estavam em Cotia torcendo para a gente. Pode ter certeza que eles me ajudaram muito nesse momento que estou vivendo hoje. Eles fizeram parte, sou muito grato a vocês, rapaziada. Obrigado pela torcida – comentou.

Com o gol, Marquinhos se tornou o jogador mais jovem da história do São Paulo a marcar em uma partida de Libertadores. O atacante superou Ademilson, que em 2013 tinha 19 anos quando anotou diante do Atlético-MG.

Nas quartas de final, o São Paulo enfrenta o rival Palmeiras. O próximo jogo, porém, é pelo Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h, o Tricolor vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo.

Leia também

1 COMENTÁRIO