São Paulo terá maratona e nenhuma semana livre até mata-mata contra o Palmeiras

167

GloboEsporte

Crespo deve fazer rodízio de jogadores enquanto tenta se afastar do Z-4 no Brasileirão.

O São Paulo não terá descanso até enfrentar o Palmeiras, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores. Durante o período, a equipe comandada por Hernán Crespo disputará cinco jogos e não terá nenhuma semana livre.

A maratona começa neste domingo, às 16h (de Brasília), diante do Flamengo, no Maracanã, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na próxima quarta, o time encara o Vasco, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, no Morumbi.

Publicidade

Veja os jogos do São Paulo até as quartas da Libertadores

  • 25/07 – Flamengo x São Paulo (Brasileirão)
  • 28/07 – São Paulo x Vasco (Copa do Brasil)
  • 31/07 – São Paulo x Palmeiras (Brasileirão)
  • 04/08 – Vasco x São Paulo (Copa do Brasil)
  • 08/08 – Athletico x São Paulo (Brasileirão)
  • 11/08 – São Paulo x Palmeiras (Libertadores)
Hernán Crespo terá nova maratona pela frente no São Paulo — Foto: Marcos Ribolli

Hernán Crespo terá nova maratona pela frente no São Paulo — Foto: Marcos Ribolli

Por conta do acúmulo de jogos, o técnico Hernán Crespo deve mesclar diversos jogadores em meio aos confrontos. Os problemas médicos têm sido grandes no clube após a conquista do Campeonato Paulista.

A rotatividade dos titulares, inclusive, é algo que já tem sido feito pela comissão técnica. Um exemplo disso foram os últimos dois jogos do São Paulo. Entre Racing, pela Libertadores, e Fortaleza, pelo Brasileirão, foram oito mudanças.

O problema é que a situação do Tricolor no Brasileirão não é das mais simples. Devido à dificuldade em ter uma sequência com os mesmos jogadores, o São Paulo luta para se afastar da zona de rebaixamento.

Nas 12 rodadas disputadas até aqui, o time só conquistou duas vitórias e, com 11 pontos, está na 16ª colocação, a apenas um ponto do Z-4. O Sport é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Para essa sequência desafiadora, Crespo conta com os retornos dos lesionados. Luciano, por exemplo, deve ter condições de jogo contra o Vasco, na próxima semana, pela Copa do Brasil. Já Eder e William podem aparecer nos jogos seguintes.

Para este domingo, a escalação ainda é um mistério. Nos treinos desta sexta e do sábado o treinador irá definir se leva um time considerado titular ou uma equipe mista.

A maratona sem descanso entre as semanas pode ser uma desvantagem em relação ao Palmeiras. Isso porque o rival das quartas de final já foi eliminado da Copa do Brasil e terá duas semanas livres até o confronto.

Se tem algo que o São Paulo pode celebrar é o fato de não ter viagens longas. Os únicos deslocamentos serão para Rio de Janeiro e Paraná.

Leia também

1 COMENTÁRIO