Trajano: Capaz de o Crespo jogar de centroavante no SPFC devido às lesões

255

UOL

Com mais uma baixa no ataque, desta vez com Marquinhos, Hernán Crespo segue encontrando dificuldades para armar o setor defensivo do São Paulo. Para o jogo desta noite contra o Vasco, às 21h30, em São Januário, o técnico também não terá à disposição Eder e Luciano. Com isso, Rigoni e Pablo farão a dupla de ataque no duelo que vale vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. No UOL News Esporte desta quarta-feira (4), José Trajano questionou o que está ocorrendo com o Reffis, uma vez que o departamento médico são-paulino ficou famoso por recuperar atletas de vários cantos do mundo, além de brincar com a onda de lesões que aflige o elenco ao sugerir que Crespo reviva os seus tempos de goleador e assuma o posto de centroavante.

“Falar de São Paulo que está desfalcado é lugar comum, vem acontecendo nas últimas rodadas em todos os campeonatos que o São Paulo participa. O São Paulo se vangloriava antigamente de ter um departamento médico, de fisioterapia [que era modelo]. Muita gente saia de não sei de onde do fim do mundo para se tratar no São Paulo. Só que o Reffis está lotado faz tempo, acho que não tem vaga para ninguém de fora. É impressionante o que acontece com o São Paulo”, disse.

“Há pouco tempo, falava-se que o São Paulo deu tudo, jogou com tudo no Campeonato Paulista, e os jogadores chegaram aos seus limites físicos e começaram a ter problemas de contusão. Mas o Campeonato Paulista já ficou para trás faz um tempo. Agora tem o Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil andando. É muito estranho. No ataque, é capaz de o Crespo ter que entrar em campo como centroavante. Quem sabe? Quando ele era mais jovem jogou muito. Agora nem sei se dá para jogar cinco minutos”, refletiu.

Publicidade

Por causa das inúmeras baixas no ataque, Crespo chamou o jovem atacante Juan para integrar o elenco profissional e fazer parte da delegação para os jogos contra o Vasco e Athletico (sábado, pelo Brasileirão). O atleta de 19 anos é um dos destaques do time sub-20, comandado por Alex. Em nove rodadas pelo Brasileiro da categoria, ele fez cinco gols e deu três assistências.

Leia também