Rogério Ceni ganha força nos bastidores para assumir o São Paulo

198
Rogério Ceni à beira do Maracanã comandando o Flamengo contra a LDU - Alexandre Vidal / Flamengo
Rogério Ceni à beira do Maracanã comandando o Flamengo contra a LDU Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Pedro Lopes – Do UOL, em São Paulo

A volta de Rogério Ceni ganhou força nos bastidores do São Paulo depois da saída de Hernán Crespo. Na tarde de hoje (13), um dia antes da partida contra o Ceará, pelo Brasileirão, a diretoria anunciou que o argentino deixou o clube em “comum acordo”.

Ceni aparece no topo da lista de opções para assumir o cargo. A situação, contudo, ainda está longe de ser definida. Não há acerto com nenhum treinador no momento.

Crespo deixou o comando do São Paulo depois de cinco empates consecutivos. O argentino dirigiu a equipe em 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e 10 derrotas, um aproveitamento de 57,23%. Seu último jogo foi um empate sem gols com o Cuiabá, na última segunda-feira. O técnico Juan Branda comandou o São Paulo em quatro jogos, enquanto Crespo se recuperava da covid-19.

Publicidade

O primeiro trabalho de Rogério Ceni como treinador foi justamente no São Paulo. Ele foi contratado no fim de 2016 e deixou a equipe em julho do ano seguinte. Foram 37 jogos, com 14 vitórias, 13 empates e 10 derrotas, com aproveitamento de 49,5%.

LEIA TAMBÉM: