São Paulo busca quebrar jejum de um mês sem “gols nacionais” com prováveis baixas de argentinos

63

GloboEsporte

 José Edgar de Matos

Rigoni e Calleri, que devem ser desfalques, marcaram todos os gols do time no período.

As prováveis ausências de Emiliano Rigoni e Jonathan Calleri para o jogo de domingo, às 18h15 (de Brasília), contra o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, obrigam o São Paulo a enfrentar um jejum incômodo de um mês no Brasileirão.

Publicidade

Desde o gol de Luciano na vitória contra o Atlético-GO, em 19 de setembro, somente Rigoni e Calleri balançaram as redes pelo São Paulo na temporada. A sequência veio justamente no momento de irregularidade do time, que culminou na troca de Hernán Crespo por Rogério Ceni.

Calleri e Rigoni devem desfalcar o São Paulo no duelo de domingo — Foto: Fellipe Lucena / saopaulofc

Calleri e Rigoni devem desfalcar o São Paulo no duelo de domingo — Foto: Fellipe Lucena / saopaulofc

Neste período de um mês e sete jogos, o São Paulo fez apenas quatro gols, três com Calleri (Santos, Ceará e Corinthians) e um com Rigoni (Chapecoense) – veja logo abaixo. A produção ofensiva é baixa, e os números preocupam mesmo com a dupla argentina.

Com Calleri, Rigoni e companhia, o São Paulo possui o segundo pior ataque do campeonato, com 22 gols marcados, mesmo número do Atlético-GO. Apenas o Sport, com 14, possui retrospecto inferior ao time agora comandado por Rogério Ceni.

A falta de produção ofensiva se reproduz nos resultados e na falta de vitórias mais confortáveis, que melhorariam, por exemplo, o saldo de gols, um dos critérios de desempate. O São Paulo chega para a 28ª rodada com quatro negativos.

Calleri comemora o gol do São Paulo contra o Corinthians — Foto: Marcello Zambrana/AGIF

Calleri comemora o gol do São Paulo contra o Corinthians — Foto: Marcello Zambrana/AGIF

Sem possivelmente os dois argentinos, que sequer trabalharam com bola nesta semana, o São Paulo vai à Bragança Paulista para buscar a primeira vitória “confortável” após mais de três meses.

Desde o primeiro resultado positivo no Brasileirão, com o triunfo por 2 a 0 diante do Internacional em 7 de julho, o São Paulo não conseguiu mais vitórias por dois ou mais gols de diferença. O Tricolor soma no total sete vitórias no Brasileirão de 2021.

LEIA TAMBÉM: