São Paulo chega aos 45 pontos, mas não baixa a guarda e segue focado em se afastar do Z4

128

GazetaEsportiva

Marcelo Baseggio 

O São Paulo chegou aos 45 pontos neste sábado ao vencer o Sport por 2 a 0 no Morumbi. Para muitos, essa pontuação já é suficiente para se livrar do risco de rebaixamento, mas, como ainda há chances matemáticas de o Tricolor cair para a Série B, o técnico Rogério Ceni não baixa a guarda e quer seu elenco focado ainda em se afastar do Z4.

E não poderia ser diferente. Os próximos dois compromissos do São Paulo no Campeonato Brasileiro são confrontos diretos na luta contra o rebaixamento. Na quinta-feira, o Tricolor visita o Grêmio, em Porto Alegre. Depois, na segunda-feira seguinte, recebe o Juventude no Morumbi. Duas verdadeiras finais para, enfim, garantir sua permanência na elite do futebol nacional.

Publicidade

“Quatro pontos em nove é bastante. Temos que pensar no Grêmio, porque os 45 pontos não são suficientes pra escapar do rebaixamento. Pode ser que aconteça de o 17º não chegar a 45, mas nós, como São Paulo, não podemos pensar nisso. Não nos livramos da chance de rebaixamento, porque justamente os dois próximos adversários têm condições de nos alcançar. Temos que concentrar primeiro no Grêmio, depois no Juventude, e contra o América-MG analisar o que ainda temos para conquistar no campeonato”, disse Ceni.

Apesar de o treinador manter o discurso conservador, o São Paulo está a apenas quatro pontos do oitavo colocado, o Ceará, que deve garantir vaga na Libertadores por causa da final da Copa do Brasil protagonizada por Atlético-MG e Athletico-PR. Resta saber se o Tricolor terá fôlego para alcançar algo impensável até poucos dias atrás.

“O jogo do Grêmio é o próximo, adversário que vai jogar todas as fichas contra nós pela derrota sofrida contra o Bahia. Temos um dia a mais, pode ser muito importante para a gente, tendo o domingo como folga e começar a preparação segunda-feira. Temos que analisar todos os jogadores, alguns saíram com dores, e montar um time competitivo. Mesmo se já tivéssemos eliminado qualquer chance de rebaixamento, temos obrigação de ir lá e vencer o Grêmio”, completou Rogério Ceni.

LEIA TAMBÉM: