Calleri lamenta empate do São Paulo no clássico e reclama de pênalti: “Renato Augusto jogou vôlei”

82

GloboEsporte

José Edgar de Matos

Veja a entrevista do atacante após a partida em Itaquera, pela sétima rodada do Brasileirão

Mesmo com o ponto conquistado em Itaquera, após empate por 1 a 1 contra o Corinthians, Calleri lamentou o resultado na casa do rival. Autor do gol do São Paulo no jogo, o atacante afirmou que o time poderia ter matado a partida no primeiro tempo e alegou que “o empate não foi justo”.

Publicidade

– Fizemos um primeiro tempo incrível, tivemos muitas chances de fazer gol […] No primeiro era para matar e não matamos. O empate não é justo. Vínhamos para ganhar – completou o argentino, que reclamou de um pênalti não dado pela arbitragem no primeiro tempo.

– Foi o melhor jogo como visitante em muito tempo, muito melhor do que todos do Paulistão. Tivemos a bola o tempo todo, só criaram o gol do Jô impedido e que para mim foi falta. Tive duas chances, o Arboleda outra e um pênalti claro. Renato Augusto é um craque, mas pegou na bola com as duas mãos. Jogamos futebol, não é vôlei. Não sei como não foi pênalti – disse, em zona mista.

Calleri comemora em Corinthians x São Paulo — Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

Calleri comemora em Corinthians x São Paulo — Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

Calleri fez o gol do São Paulo ainda na primeira etapa, momento em que o clube criou maior número de chances. Com o feito, ele se isolou na artilharia do Brasileirão com sete gols em sete partidas. Porém, as mudanças de Vítor Pereira pelo lado do Corinthians deram outra cara à partida.

– O treinador deles mudou o jeito de jogar, eles pressionaram mais em cima e tiveram melhores chances no segundo tempo. O São Paulo mostrou no primeiro tempo que podemos brigar por grandes coisas. Foi bárbaro – disse o artilheiro.

Aos 50 min do 1º tempo – gol de dentro da área de Jonathan Calleri do São Paulo contra o Corinthians

– Acho que o time está cada vez melhor. Primeiro tempo jogamos muito bem, acho que amassamos os caras. Tivemos três ou quatro chances de gol, poderíamos ter feito – comentou Calleri, ainda lamentando as chances perdidas.

– No segundo tempo mudamos, eles mudaram também e tiraram um zagueiro, como era previsível. Jogaram uns 10 metros para cima. Conseguiram encaixar uma bola no segundo tempo. Se fizéssemos mais de um gol no primeiro tempo, poderíamos ter matado o jogo – finalizou.

Com o empate, o Tricolor manteve o tabu de 16 jogos sem vencer (10 derrotas e seis empates) em Itaquera. Na tabela, o clube ocupa a terceira posição, com 12 pontos, atrás de Palmeiras e Corinthians, com 12 e 14 pontos, respectivamente. O próximo duelo será na quarta-feira, contra o Ayacucho, pela Sul-Americana.

LEIA TAMBÉM: