Rivaldo analisa Choque-Rei pela Copa do Brasil e aponta Palmeiras como favorito

42

GazetaEsportiva

Palmeiras São Paulo voltam a se enfrentar nesta quinta-feira, às 20h, no Morumbi. Desta vez, o confronto é válido pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Com passagem pelos dois clubes quando atuava dentro das quatro linhas, Rivaldo analisou o duelo.

“Acredito que o São Paulo deve estar insatisfeito por conta da derrota dolorosa após virada épica no jogo do Brasileirão, na segunda-feira. Porém imagino que isso até pode jogar a favor de um Palmeiras muito mais tranquilo e confiante na partida, ao contrário do time de Ceni, que estará pressionado para reagir no clássico e não perder a segunda partida consecutiva.”, disse o ex-meia, que apontou o Verdão como favorito em entrevista à Betfair.

“Por essa razão, eu vejo o Palmeiras com uma boa oportunidade de vencer novamente o São Paulo no Morumbi pela Copa do Brasil”, comentou.

Publicidade

Rivaldo analisou também o ótimo momento vivido pela equipe palmeirense, que está invicta há 19 partidas. Além dos resultados, ele destacou ainda o entrosamento do elenco.

“São 19 jogos sem perder e apenas três derrotas em 41 partidas em 2022. O Palmeiras vem fazendo um fantástico começo de temporada em todas as competições, porém, isso não é uma surpresa, pois vejo um elenco entrosado, que já vem jogando junto há alguns anos”

Também não faltaram elogios do ex-jogador ao técnico Abel Ferreira. Campeão brasileiro em 1994 e do Paulista em 1996 pelo Palmeiras, Rivaldo se mostrou feliz com o trabalho do português.

“O Palmeiras conta com um técnico inteligente, que sabe tirar partido de seus jogadores e unir o grupo sempre que necessário. Honestamente, estou feliz pelo trabalho que a equipe vem desenvolvendo e vejo isso acontecendo também fora de campo com a atual diretoria revelando grande competência”, finaliza o craque, em entrevista à Betfair.

Rivaldo atuou pelo Palmeiras entre 1994 e 1996. Pelo Verdão, atuou em 128 jogos e anotou 69 gols. Já no final da carreira, em 2011, ele passou também pelo São Paulo, onde disputou 19 partidas e marcou dois gols.

LEIA TAMBÉM: