Além das 4 linhas – Bom futebol

249

O jogo e o resultado contra o Bahia mostraram um SPFC em evolução com Zubeldía. O treinador escalou o time no 4.2.4, perdeu o meio de campo, mas ganhou o jogo em casa. O esquema fez Lucas correr muito, assim como Luciano e Ferreira, isso preocupa.

Para um campeonato com tantas partidas o esquema pode trazer contusões, mas fiquei pensando na Libertadores e Copa do Brasil, onde o número de jogos é menor e com isso estes caras podem atuar em todas, recebendo descanso no BR24. O treinador quer escalar Lucas, Luciano e Calleri desde o início e vem fazendo o time se adequar a isso. Nesta partida contra o Bahia o Ferreira completou o ataque, mas poderia ser Rato, Michel ou Nestor, que fariam o time jogar de forma diferente. Imagino que estes modos diferentes de jogar serão utilizados pelo Zubis de acordo com a disponibilidade, adversário, campeonato e mando de campo.

Jogadores como André, Erick, Juan e garotos de Cotia serão opções para completar o elenco neste momento. O bom volante Tiago Mendes vem aí e dará boa opção de jogo, assim como o Rafinha poderá dar descanso a Igor, jogador que vem crescendo com o tempo. Pablo Maia faz falta ao meio de campo, ele protege como ninguém nossa área. Se o calendário permitisse descanso e treino, o tricolor apresentaria um bom nível de futebol em todas as partidas, esta é a sensação.

Publicidade

É baseado neste pensamento de calendário, elenco, dinheiro e estrutura, que vejo o SPFC com foco nas copas e trabalhando muito por G6 no brasileiro. Foi assim em 2023 e parece estar assim em 2024. Como o elenco teve melhora de 23 para 24, a campanha no BR deverá ser melhor do que no ano passado.  O que ouço é que para tentar vencer o BR o elenco e o time deveriam ter peças a mais e diferentes, principalmente mais jovens.

A melhor notícia em minha opinião é o encaixe que Zubeldía parece estar conseguindo no time com as 3 peças da frente, Lucas, Luciano e Calleri. Lucas está jogando pelo lado direito e fazendo a função de marcar, coisa que achei que não seria possível. Eu penso que isso não ocorrerá em toda partida, pois Lucas acabará tendo problemas musculares, assim como a característica do adversário é importante na análise da escalação. O mesmo pode ocorrer com Luciano, que está ajudando Lucas a fechar espaços. Mas como eu escrevi acima, Nestor, Michel e Rato jogam nesta linha de ataque/meio e podem revezar com eles.  

O SPFC precisa trabalhar de forma inteligente a sua administração para conseguir diminuir a distância que o separa de Flamengo e Palmeiras, os clubes com mais dinheiro e por isso elencos. Se o Palmeiras consegue o SPFC também consegue, este é o meu modo de pensar, já que o tricolor tem torcida ainda maior do que os porquinhos, assim como estádio maior, o que proporciona uma série de vantagens. Nós não podemos ver no Brasil o que aconteceu em alguns lugares do mundo, onde dois clubes são bem mais estruturados e ricos do que os demais. O SPFC pode subir para a primeira prateleira!

Salve o tricolor paulista, o clube da fé.

Carlito Sampaio Góes