Caio Ribeiro: São Paulo precisa se reestruturar e Milton merece respeito

202

GloboEsporte.com

Marcelo Hazan

“Com 22 anos de clube, o Milton Cruz tem de ser tratado com respeito. Não me incomoda a demissão, mas queria ver a forma como foi feita”, opina comentarista.

Milton Cruz São Paulo (Foto: Rubens Chiri/Site oficial do SPFC)

Milton Cruz saiu do São Paulo após 22 anos (Foto: Rubens Chiri/Site oficial do SPFC)

A demissão de Milton Cruz do São Paulo após 22 anos de clube foi mais uma medida tomada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para reestruturar o futebol. Na opinião do comentarista da TV Globo Caio Ribeiro, o clube precisa disso, mas deve respeito ao antigo coordenador do elenco profissional.

– O Milton Cruz, com 22 anos de clube, tem de ser tratado com o respeito que merece. Não me incomoda a demissão, mas queria ver a forma como foi feita, porque o Milton fez muito pelo clube – disse.

Segundo Caio, o Tricolor precisava ter mudado o perfil do elenco na virada do ano. Agora, Leco disse que pretende fazer modificações até o meio da temporada.

– O São Paulo precisa de uma reestruturação no departamento de futebol. Isso envolve dirigentes e jogadores. Precisaria na virada de 2015 para 2016 mudar o perfil do grupo. Não que os jogadores sejam ruins, mas é um grupo que está carregando o peso de uma série de críticas de 2015, e de não ter respondido. Eles chegam pressionados nos jogos grande. Isso tira confiança e rendimento – opinou Caio.

Além de Milton Cruz, o São Paulo tirou Ataíde Gil Guerreiro do futebol. O antigo vice assumiu a diretoria de relações institucionais. Rubens Moreno, antigo diretor de futebol, saiu do clube e foi substituído por Luiz Antonio da Cunha, que ocupava o cargo na base. Em Cotia, Marcos Francisco de Almeida assumiu essa função.

Após vencer o Botafogo-SP, quarta-feira, por 1 a 0, no Pacaembu, e encerrar jejum de cinco jogos sem vitórias, o São Paulo agora terá o clássico com o Santos, neste domingo, às 18h30, na Vila Belmiro.