Estreia no Morumbi anima Wellington Nem

397
DSC_0267.JPG

Por Érico Leonan / saopaulofc.net

Na goleada sobre o PSTC-PR (4 x 2) na última quarta-feira (1º de março), o atacante Wellington Nem pôde atuar novamente após se recuperar de lesão muscular. Novamente à disposição do técnico Rogério Ceni, o camisa 21 vive agora a expectativa de estrear no Morumbi, que neste domingo (5), às 16h (de Brasília), receberá o duelo com o Santo André pela sétima rodada do Campeonato Paulista de 2017.

“Estou pronto e à disposição. Se tiver a oportunidade de jogar, espero que seja uma estreia vitoriosa, porque isso é o mais importante. Quero fazer uma boa partida e ajudar os meus companheiros, porque toda a equipe está focada”, afirmou o jogador, que chegou ao Tricolor no final da temporada passada e desde então controla a ansiedade para estrear no Estádio Cícero Pompeu de Toledo.

Publicidade

“Tentei controlar a ansiedade neste período e me recuperei bem da lesão também. Cumpri todas as etapas da fisioterapia para voltar recuperado e sem restrição. Não vejo a hora de jogar no Morumbi e ajudar os meus companheiros. Que a nossa torcida compareça mais uma vez, como tem feito, e a gente construa uma família para fortalecer o São Paulo em busca dos títulos”, acrescentou.

O atleta sofreu a lesão durante a partida com o Grêmio Osasco Audax rodada de abertura do Campeonato Paulista, na Arena Barueri, e teve que ser substituído pelo versátil Cícero ainda na primeira etapa. Desde então, Wellington Nem seguiu as recomendações dos profissionais do Reffis e realizou as atividades fisioterápicas neste período.

Em Londrina, pela Copa do Brasil na última quarta, o atacante retornou aos gramados e mostrou que pode reforçar o time são-paulino de novo. “Muito feliz de poder voltar, agradeço ao pessoal do departamento médico, que esteve duas semanas comigo de forma intensa, feliz por poder voltar, não senti nada. Fiquei triste de machucar porque eu vinha treinando bem, jogando bem, já estava com o ritmo da pré-temporada e machucar logo no começo é muito ruim, né? Mas, graças a Deus eu recuperei rápido e estou evoluindo cada vez mais”, finalizou.

Reforçado, o Tricolor tem o melhor ataque do Campeonato Paulista, com 17 gols em seis partidas (média de 2,83 por jogo). No Morumbi, o São Paulo está há dez jogos sem perder: são seis vitórias e quatro empates. A última vez que saiu derrotado no Estádio Cícero Pompeu de Toledo foi no dia 24 de agosto de 2016, por 2 a 1, contra o Juventude, pela Copa do Brasil.