Ponte Preta x São Paulo: tudo o que você precisa saber sobre o jogo da rodada #6

1994

GloboEsporte.com

Veja escalações, desfalques, arbitragem e transmissão do jogo deste sábado, às 19h.

 — Foto: Marcos Ribolli

— Foto: Marcos Ribolli

Ponte Preta e São Paulo duelam neste sábado, às 19h (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

O jogo será transmitido pelo PFCI e Premiere, com narração de Jota Júnior e comentários de Sergio Xavier. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real com vídeos.

Na terceira colocação do Grupo A, a Ponte Preta tem cinco pontos, com uma vitória, dois empates e duas derrotas. Os maus resultados custaram o emprego de Mazola Júnior. Jorginho, vice-campeão da Sul-Americana em 2013, foi anunciado como novo técnico, mas assume a partir de segunda-feira. Neste sábado, o time será comandado pelo interino João Paulo Sanches, auxiliar fixo da casa.

No São Paulo também há pressão, mas por conta da derrota para o Talleres, da Argentina, na Copa Libertadores. O Tricolor tem nove pontos no Paulistão e lidera o Grupo D.

 — Foto: Infografia

— Foto: Infografia

Ponte Preta – Técnico: João Paulo Sanches (interino)

Desde a demissão de Mazola, a Macaca fechou os treinos na preparação para enfrentar o São Paulo. O interino João Paulo Sanches também fez mistério sobre a escalação. Assim, fica difícil projetar uma equipe titular.

De pista, João Paulo disse apenas que, se mexer, deve fazer trocas pontuais, sem alterar profundamente o sistema de jogo. Com Edson suspenso, uma mudança pelo menos já é certa. Nathan, que tinha um primo entre os mortos no incêndio no CT do Flamengo, é o favorito para assumir a vaga.

Pendurados: Arnaldo e Igor Henrique

Quem está fora: Giovanni (edema muscular); André Caso (lesão no músculo posterior da coxa direita); Mantuan (transição física); Edson (suspenso por três cartões amarelos).

Provável Ponte contra o São Paulo  — Foto: GloboEsporte.com

Provável Ponte contra o São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

São Paulo – Técnico: André Jardine

Por conta da importância e da necessidade de virar o jogo contra o Talleres na Libertadores (perdeu o primeiro jogo por 2 a 0), o São Paulo deve mandar a campo uma equipe recheada de reservas, apesar de titulares como Volpi, Arboleda, Nenê, Hernanes e Everton estarem relacionados.

André Jardine vai observar o desempenho de alguns jogadores diante da Ponte Preta, pensando nas mudanças a serem feitas no time para pegar o Talleres.

Bruno Peres e Pablo foram poupados do duelo e só retornam na Libertadores. Hudson, que está suspenso, é desfalque, ao lado de Anderson Martins, em recuperação de tendinite no joelho direito. Liziero continua fora até da Libertadores por conta de entorse no tornozelo direito.

A possível escalação é a seguinte: Jean; Igor Vinicius, Rodrigo (Arboleda), Lucas Kal (Bruno Alves) e Léo; Willian Farias, Araruna e Jonatan Gómez (Hernanes); Helinho (Nenê), Antony (Everton) e Gonzalo Carneiro (Diego Souza).

Pendurados: ninguém.

Quem está fora: Hudson (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), Liziero (em recuperação de um entorse no tornozelo direito), Brenner (lesão na coxa esquerda), Luan e Igor Gomes (estão com a seleção brasileira no Sul-Americano sub-20), Rojas (recupera de cirurgia no joelho direito), Anderson Martins (aprimora forma física após tendinite no joelho direito), Pablo e Bruno Peres (poupados).

Possível escalação do São Paulo contra a Ponte Preta — Foto: Reprodução

Possível escalação do São Paulo contra a Ponte Preta — Foto: Reprodução

Raphael Claus será o árbitro da partida, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira. O quarto árbitro será Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente com a gestão Aeroleco, rumo ao rebaixamento
    Nunca se viu tanto amadorismo, incompetência, desmando e arrogância na era Leco.
    Não temos Presidente, Diretoria, Técnico, time, etc.
    Temos um bando de merdas, lixos, vermes, parasitas e fdp.
    Estes bando merecem uma surra, muito bem dada.
    Fora Leco, chega de vexames.
    Fora Leco, você não passa de um parasita, uma vergonha para história do clube.
    O rei dos vexames.