Tendo a maior chance da carreira no São Paulo, Diniz fala em jogar bonito

287

GazetaEsportiva

Nesta sexta-feira, Fernando Diniz foi apresentado como novo técnico do São Paulo, e durante a entrevista coletiva, falou principalmente sobre o seu estilo de jogo e a forma como deseja implantá-lo na equipe. Além disso, o treinador afirmou que, de fato, trabalhar no Tricolor Paulista é a maior chance de sua carreira até aqui.

“Certamente, minha carreira está evoluindo, os times que venho pegando do ano passado para cá foram o Athletico-PR, Fluminense e São Paulo. É o auge da minha carreira, espero corresponder à expectativa de todos, que o SP jogue bem, conquiste vitórias e cative o torcedor jogando de uma forma bonita”, disse.

Perguntado sobre o tempo de trabalho necessário para implantar suas ideias, Fernando Diniz citou Pep Guardiola e Jurgen Klopp para comparar a realidade do Brasil com a da Europa.

“A filosofia nunca está totalmente implantada. Essa discussão de tempo aqui no Brasil é chover no molhado. A gente gosta de citar a Europa, estive lá, perguntei ao Guardiola, ele disse que em um ano não dá para fazer nada. O Klopp diz que não dá para fazer em três anos. Mas aqui no Brasil a pressão é outra e temos que entregar resultado. Temos que trabalhar para que a equipe conquiste resultados bons em um curto prazo”, afirmou.

Além disso, o comandante elogiou o grupo são-paulino, e garantiu que o plantel tricolor é ideal para o seu trabalho.“O grupo se encaixa perfeitamente, jogadores de muita qualidade, renomados, vencedores, e o São Paulo é um celeiro de jovens talentos que eu gosto de muito de olhar. Nesse quesito estou muito bem amparado. O que todo mundo quer é vencer, esperamos vencer o quanto antes para termos tranquilidade para tocar o trabalho”, completou.

Já sob o comando de Diniz, o São Paulo encara o líder Flamengo às 19h (horário de Brasília) deste sábado, no Maracanã, em partida válida pela 22° rodada do Campeonato Brasileiro. Com 35 pontos, o Tricolor ocupa a sexta colocação na tabela.