Além das 4 linhas – Cabeça boa

4738

A vitória de virada sobre o glorioso 4 de julho serviu para mostrar que os jogadores estão com a cabeça boa e com vontade de vencer. Isso é muito importante e nem sempre aconteceu com os times que vi no SPFC nos últimos anos. Poderíamos ter visto um 4 x 1 e o time parando de correr, não é isso? Foram muitas chances de gol criadas e gols anulados, sinal de que o time queria jogo. Como torcedor estou satisfeito com o que tenho visto.

Compromissos muito importantes virão em breve e ver a galera lutando passa confiança. O 9 x 1 foi cheio de gols bonitos, principalmente o gol do giro do Pablo, a cabeçada do Bruno e do Sara. Aliás, neste gol do Sara a jogada feita pelo Rigoni foi típica de linha de fundo, típica de ponta, coisa bacana de ver. O mais novo integrante do elenco agradou pela habilidade e vontade, já deixando seu gol. Eu estava querendo ver um bom jogador fazendo as beiradas e parece que é isso que ele sabe fazer de melhor. O elenco está ficando forte. Em minha modesta opinião ainda falta mais um zagueiro, já que há apenas um bom reserva. Quero aqui fazer um elogio ao Leo, que vem crescendo de produção. Falta também mais um primeiro volante, pois só o Luan faz esta importante função. Dizem que o clube busca um camisa 9.

Eu imagino e torço para que Hernanes e Victor Bueno saiam em breve. Com certeza ganham muito e hoje produzem pouco. Victor recebeu muitas oportunidades e não rendeu o esperado. O Lucas Perri também não passa confiança. Há comentários sobre busca de goleiro e há comentários de proposta pelo Volpi. Eu gostaria de não perder nosso arqueiro titular.

Publicidade

Fazia tempo, muito tempo, que eu não via um bom trabalho no SPFC. Sempre digo que ganhar e perder é do jogo, mas o trabalho deve ser bem feito, principalmente num clube deste tamanho e importância. Agora parece que o clube tem mesmo uma boa direção na área do futebol. Para mim a diferença maior é o Muricy quem faz, mas a diretoria e presidência também ajudam e não adiantaria muito o Muricy trabalhar sozinho.

Agora teremos uma pedreira pela frente no BR21 e o sorteio na Copa do Brasil. Nossos rivais paulistanos ficaram pelo caminho na copa do Brasil. Escutei que o 9 x 1 foi sobre “ninguém”. Mas passamos. Perder a classificação em casa para clube menor é sempre ruim. Mas como escrevi acima, perder é do jogo e eles estão bem.

O fato é que o time tricolor está forte mentalmente e fisicamente. Tudo indica que o lado técnico vem vindo junto. O futebol coletivo que Crespo colocou em prática ajuda demais no crescimento de cada peça. Agora é preparar o Benitez para enfrentar a eterna maratona insana  do futebol brasileiro. Ontem comentaram um assunto legal que  me fez pensar na estrutura do time: Quem equilibra nosso meio de campo é a dupla Luan e Liziero, os novos Josué e Mineiro. Quem arma nosso time é a dupla Daniel e Benitez. Nenhum deles está jogando. O time realmente caiu de produção. Seria impossível ter 4 jogadores deste nível na reserva. Nestor é bom reserva para Liziero, que voltou muito bem. Para a cabeça da área, como escrevi, não há boa opção para a ausência de Luan, que é um cão de guarda. Para o lugar e função do Benitez é mais complicado, mas o Sara acaba fazendo bom papel. Para o do Daniel, o Igor vai bem, gosto dele, mas não tem o mesmo nível, claro. Eu estou achando que na frente Luciano e Rigoni serão titulares. Eder e Pablo serão as opções principais. Mas o legal é ver que é possível montar o meio e ataque com as opções do elenco. Vejo mesmo falta de opção para Luan e para a zaga, onde apenas um reserva para três zagueiros é pouco.

Salve o tricolor paulista, o clube da Fé.

Carlito Sampaio Góes

1 COMENTÁRIO