Monitorado por clubes europeus, joia do São Paulo na Copinha tem multa superior a R$ 300 milhões

693

O São Paulo tem uma verdadeira joia a ser lapidada para os próximos anos. O atacante Ryan Francisco, de apenas 17 anos, é um dos destaques nas categorias de base do Tricolor e já chama atenção dos torcedores na Copinha.

Na primeira rodada da competição, o garoto já deixou dois gols apenas no primeiro tempo da vitória por 5 a 1 sobre o Porto Vitória, em Araraquara. Mesmo abaixo da idade da competição, ele já é titular do time comandado por Menta.

A fama de artilheiro do jogador não vem de agora. No ano passado, ele marcou mais de 40 gols na temporada do São Paulo na base, sendo o maior goleador dos Campeonatos Brasileiro e Paulista sub-17. O centroavante foi decisivo nas fases de mata-mata do Estadual, que terminou com derrota para o Corinthians na final.

Diferente do companheiro William Gomes, também de 17 anos, Ryan ainda não atuou pelo time principal, tampouco chegou a ser relacionado ou treinou com os companheiros. Esse movimento pode acontecer após o término da Copa São Paulo, no fim de janeiro.

Publicidade

O atacante pode virar até mesmo uma solução caseira para ser o reserva de Calleri. A diretoria são-paulina busca um jogador para fazer sombra ao argentino, mas ainda não contratou ninguém e vê dificuldade no mercado.

Ainda jovem, Ryan Francisco já desperta interesse de clubes europeus, que o observam de perto. A multa rescisória estipulada no contrato do atleta com o São Paulo é de 60 milhões de euros (R$ 322 milhões). Ele tem vínculo com o Tricolor até 2026 e tentará ajudar o time a conquistar seu quinto título da Copinha.

O São Paulo ocupa o Grupo 7 do torneio, ao lado do Porto Vitória, Ferroviária e Carajás, seu próximo adversário. As equipes se enfrentam neste sábado, a partir das 19h30 (de Brasília).

Gazeta Esportiva