Além das 4 linhas – Ingressos

227

Li no UOL nesta semana a MIlly dizendo que o preço dos ingressos para as finais da copa do brasil são caros demais e que o esporte ficou coisa para rico, que o que vem acontecendo é “uma escolha de trajeto”. Eu discordo totalmente disso.

Com 60 anos de idade vi o futebol mudar muito. Vi Paulo Roberto Falcão, o melhor camisa 8 brasileiro de 1975 até hoje dizer: “Eu não fiquei rico com futebol”. Era assim o futebol. Amigos, nem tão longe nós precisamos ir, faz muito pouco tempo, pelo menos para mim, o SPFC teve na era Telê elencos maravilhosos que hoje em dia são impossíveis, pois haviam jogadores jovens de muito talento ainda jogando no Brasil. Quanto tempo jogariam no SPFC de hoje Cafú e Muller, só para citar dois exemplos?

O futebol mudou e virou um grande negócio no mundo inteiro, isso não foi uma escolha, ao contrário do que escreveu a jornalista. Aqui no Brasil, como acontece com tudo, estamos teimando em não profissionalizar a atividade. Mas isso acontecerá por pura incapacidade por parte das organizações em conseguirem sobreviver sem administração profissional.

Publicidade

Qual a razão do valor do ingresso ter subido? O esporte é caro. Como faz para manter elenco de qualidade? O rico pode ser o torcedor, mas os jogadores agora são milionários e para tê-los aqui, o ingresso será cada vez mais caro. E não há nada de errado no fato dos atletas serem milionários, muito pelo contrário, quem é bom no que faz ganha bem mesmo, dentro e fora do futebol. Até hoje a humanidade não encontrou forma melhor de remunerar o talento.

Se você chega cedo e sai tarde do trabalho e um colega faz o oposto, qual será a consequência? Se você tem capacidade elevada e o colega não tem, logo você será o chefe dele ou irá trocar de emprego, por uma boa proposta. Simples assim.

Talvez a razão de tanto espanto seja a ainda mentalidade contra a economia de mercado que temos no Brasil. Esta mentalidade é exatamente o motivo pelo qual todos os nossos bons jogadores atuem na Europa, lugar onde a economia de mercado levou o desenvolvimento social e econômico para todos os países e proporciona a eles poderem pagar ingressos mais caros.

Amigos, não existe outra maneira de se viver neste mundo.

Salve o tricolor paulista, o clube da fé.

Carlito Sampaio Góes