São Paulo atropela, espanta fantasma de vez e deixa Corinthians fora do G-6

10341

GloboEsporte.com

A noite no Morumbi foi comandada por Cueva. Além de abrir o placar com um pênalti (polêmico) de cavadinha, na primeira etapa, o peruano deu a assistência para os gols de David Neres, Chavez e Luiz Araújo. Gols que não só espantam o fantasma da Série B, mas também mantêm o rival com 50 pontos, sob o risco de se distanciar ainda mais da vaga na Libertadores.

São Paulo x Corinthians gol (Foto: Marcos Ribolli)Noite no Morumbi foi toda do São Paulo, que quase não foi assustada pelo Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

Os dois times voltam a campo somente daqui a mais de uma semana. Em 16 de novembro, uma quarta-feira, o Corinthians tenta se recuperar da goleada em visita ao Figueirense. No dia seguinte, o São Paulo joga mais uma vez no Morumbi, diante do Grêmio.

O clima agradável da noite paulistana neste sábado contribuiu para um início de clássico bastante acelerado. Mas, aos poucos, a equipe da casa foi encaixando melhor seu jogo e levou perigo em um chute cruzado de Kelvin aos 10 minutos.

Primeira finalização do Corinthians no jogo foi aos 36 minutos da etapa inicial. Uma fraca finalização de Rodriguinho defendida por Denis

No minuto seguinte, o atacante são-paulino invadiu a área pedalando, recebeu um toque de Fagner e caiu. A arbitragem assinalou a falta, para reclamação geral dos corintianos – o lance gerou polêmica. De cavadinha, Cueva converteu o pênalti e abriu o placar.

Bem marcado, o Corinthians não conseguiu reagir ao golpe. Pior: foi assustado novamente pelo lado esquerdo, aos 32 minutos, quando Chavez recebeu ótimo passe de Mena, escapou da marcação do zagueiro Vilson e bateu na rede, mas por fora.

A primeira finalização corintiana no primeiro tempo saiu apenas aos 36 minutos. Um chute fraco de Rodriguinho, bem defendido por Denis. Mas, se demorou, a chegada também animou os visitantes, que passaram a rodar mais a bola no campo de ataque e por pouco não empataram em cabeceio de Romero.

São Paulo x Corinthians arbitragem (Foto: Marcos Ribolli)Time do Corinthians encontrou muita dificuldade no Morumbi lotado, neste sábado (Foto: Marcos Ribolli)

No retorno do intervalo, só deu São Paulo. Ainda mais inspirado do que na etapa inicial, Cueva colocou os companheiros de equipe na cara do gol diversas vezes. Duas delas, eles aproveitaram. Primeiramente, David Neres, aos 15 minutos. Sete minutos depois, foi a vez de Chavez encerrar um jejum que já durava 10 partidas.

Quando os 53.781 presentes gritavam “olé” na arquibancada, à espera do apito final, o São Paulo engatou ótimo contragolpe e decretou a goleada. Luiz Araújo foi acionado dentro da área – por Cueva, é claro –, finalizou cruzado e fechou a conta no Morumbi.