São Paulo lamenta tragédia com a Chape e decreta três dias de luto

390

GloboEsporte.com

Nota oficial São Paulo Chapecoense  (Foto: reprodução)Nota oficial São Paulo Chapecoense (reprodução)

O São Paulo decretou luto oficial de três dias por conta do acidente que levava o time da Chapecoense, jornalistas e convidados à Colômbia para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

No texto, o Tricolor lembrou ainda que Mário Sérgio, Matheus Caramelo e Cléber Santana vestiram a camisa do São Paulo em diferentes momentos da história do clube.

O goleiro Follmann, o lateral Alan Ruschel, o zagueiro Neto e o jornalista Rafael Henzel Valmorbida estão entre os sobreviventes confirmados, assim como a aeromoça Ximena Suárez e Erwin Tumiri, membro da tripulação. O goleiro Danilo foi resgatado com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

Por conta da tragedia, o São Paulo cancelou a apresentação de Rogério Ceni como novo treinador do clube e o treino dos atletas nesta terça. O time se reapresenta na manhã de quarta.

Veja a nota oficial emitida pelo time:

Tomado pela mais profunda consternação, o São Paulo Futebol Clube lamenta a tragédia ocorrida na madrugada desta terça (29) com a aeronave que transportava a delegação da Associação Chapecoense de Futebol, além de profissionais de diversos veículos de comunicação. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva decretou luto oficial de três dias.

Três dos passageiros do voo – Mário Sérgio, Cléber Santana e Caramelo – vestiram a camisa são-paulina em diferentes momentos da história do clube, que segue acompanhando atentamente as notícias sobre as buscas no local do acidente.

O São Paulo, na figura de seus dirigentes, atletas, colaboradores e torcedores, oferece à Chapecoense e às famílias, amigos e admiradores de todos os envolvidos sua mais sincera solidariedade e disponibilidade neste momento de dor e aflição.