Conmebol negocia final única também para a Recopa Sul-Americana

1488

Patadas y Gambetas – UOL

Depois de anunciar que a Libertadores terá uma final única em campo neutro a partir de 2019, a Conmebol quer estender este formato também para a Recopa Sul-Americana, segundo apurou o blog.

O confronto que envolve o campeão da Libertadores e o ganhador da Copa Sul-Americana já tem um participante garantido, que é o River Plate. O outro time será conhecido na Arena da Baixada às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira (12) na decisão da Sul-Americana, entre o Atlético Paranaense e o Junior de Barranquilla.

Imagem relacionada

A princípio, as datas designadas para a Recopa de 2019 seriam 20 de fevereiro e 6 de março, com a finalíssima ocorrendo no Monumental de Núñez, mesmo com a confusão envolvendo a torcida do River na decisão da Libertadores adiada e mandada a Madri. A Conmebol agora trabalha com a final única sendo realizada em 2 de março, com sede ainda a definir.

Publicidade

Tal mudança segue a tendência do continente em realizar finais em partidas únicas, enterrando o formato de ida e volta. A Libertadores 2019 já sabe que terá sua decisão realizada em Santiago, no Chile, e o mesmo vai ocorrer com a Sul-Americana, que conhecerá seu campeão da próxima temporada em Lima, no Peru.

O River conquistou a Recopa em 2015 e 2016, contra San Lorenzo (da Argentina) e Independiente Santa Fe (da Colômbia). O atual campeão é o Grêmio, que superou o Independiente nos pênaltis em Porto Alegre em fevereiro.

1 COMENTÁRIO