Santos tem interesse em Everton Felipe, mas São Paulo vai aguardar Cuca

1556

Gazeta Esportiva

No último dia 12, o São Paulo cumpriu o acordo que tinha com o Sport Recife e adquiriu Everton Felipe em definitivo. Ao todo, o clube paulista gastou R$ 6 milhões e se tornou dono de 60% dos direitos econômicos do meia. O Banco BMG detém 35% e o rubro-negro de Pernambuco os 5% restantes.

A contratação de Everton Felipe foi consumada pelo Tricolor após o Santos demonstrar interesse em levar o atleta para a Vila Belmiro no início da temporada. Raí, então, executivo de futebol do São Paulo, fez questão de consumar o vínculo.

Everton Felipe passou a ser mais utilizado sob o comando de Mancini (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Após o fim das tratativas, Everton Felipe voltou a ser aproveitado pela comissão técnica. Jogou o segundo tempo da partida contra o São Caetano, quando o São Paulo confirmou sua vaga às quartas de final do Campeonato Paulista, e também foi aposta de Vagner Mancini nos minutos finais do clássico com o Palmeiras, na rodada anterior.

O futuro de Everton Felipe agora depende de Cuca. Isso porque o Santos não perdeu a esperança em contar com o meia de 21 anos para o segundo semestre. Além do Peixe, um segundo clube (não revelado à reportagem) tem interesse e já procurou o empresário do jogador para buscar informações para um eventual empréstimo para o Campeonato Brasileiro.

Cuca informou a diretoria são-paulina que não quer que nenhum jogador seja liberado nesse momento. O técnico, que deve assumir o time, de fato, daqui aproximadamente 10 dias, pretende observar todo o elenco e aproveitar a pausa para a Copa América justamente para definir com quem contará.

Cuca será decisivo para o futuro do jogador no São Paulo (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

A partir daí, caso a decisão de Cuca seja pelo não aproveitamento de Everton Felipe, o empresário e o clube vão sentar à mesa para programar o futuro já com as duas intenções de empréstimo em mãos.

Por ora, Everton Felipe garante que seu maior desejo é permanecer no clube do Morumbi.“Estou aqui para ajudar o São Paulo e meus companheiros, o tempo que tiver dentro de campo vou me dedicar e fazer meu melhor para buscarmos o resultado. O São Paulo é muito grande e temos um grupo com muita qualidade. Independente do momento temos que pensar sempre em vitórias e títulos para nós e para torcida”, comentou, focado nos duelos com o Ituano.

“Agora é mata-mata, temos que respeitar o adversário, mas queremos muito conquistar esse título. É hora de pensar jogo a jogo, deixar para o lado de fora todas as críticas e focar dentro de campo para mostrar a forca e o valor do São Paulo”, concluiu.