Volpi alerta para defesa do Corinthians e projeta São Paulo ofensivo: “Tirá-los da zona de conforto”

289

GloboEsporte

Eduardo Rodrigues, Felipe Brisolla e Felipe Ruiz

Goleiro enfrentou o rival quatro vezes neste ano e não saiu vencedor em nenhuma das ocasiões.

Tiago Volpi conhece bem o Corinthians, adversário do São Paulo neste domingo, às 18h, no Morumbi, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro enfrentou o rival quatro vezes neste ano e não saiu vencedor em nenhuma delas.

Para mudar esse retrospecto negativo, de três derrotas (duas no Paulista e uma no Brasileirão) e um empate (Paulistão), Volpi sabe por onde começar para surpreender.

– É forte, uma defesa forte a começar por um grande goleiro que é o Cássio, uma linha de quatro muito sempre bem armada. O Carille sempre arma bem o sistema defensivo, então a gente espera um jogo muito difícil. É complicado, mas a gente sabe que se faz um gol no começo do jogo é por obrigação o Corinthians ter de vir para cima. Isso pode gerar mais espaço para a gente – afirmou o goleiro são-paulino.

O clássico terá transmissão ao vivo do Premiere para todo o Brasil com narração de Milton Leite e comentários de Alexandre Lozetti e Ricardinho. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos, e transmite ao vivo as entrevistas pós-jogo dos dois times.

Tiago Volpi irá enfrenar o Corinthians pela quinta vez no ano — Foto: Eduardo Rodrigues

Tiago Volpi irá enfrenar o Corinthians pela quinta vez no ano — Foto: Eduardo Rodrigues

O Majestoso deste domingo coloca frente a frente a quinta melhor campanha (São Paulo, com 40 pontos), contra a quarta (Corinthians, com 43 pontos). O Tricolor até pode entrar no G-4 e tirar o rival, mas para isso precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença.

Isso porque as campanhas do times são muito parecidas:

  • Vitórias: São Paulo 10 x 11 Corinthians
  • Empates: São Paulo 10 x 10 Corinthians
  • Derrotas: São Paulo 4 x 3 Corinthians
  • Gols feitos: São Paulo 25 x 27 Corinthians
  • Gols sofridos: São Paulo 16 x 15 Corinthians

– Agora é uma oportunidade para a gente reverter a situação, passar na frente do Corinthians e seguir subindo na tabela que é nosso desejo, estar brigando nessas posições de cima. Então nada melhor do que poder ganhar um clássico de um rival que é direto nessa briga – projetou Volpi.

Tiago Volpi é um dos grandes nomes do São Paulo no ano — Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes

Para que isso se concretize, porém, a equipe comandada por Fernando Diniz precisa melhorar a pontaria. Dos seis primeiros colocados do Brasileirão, o São paulo tem o pior ataque, com 25 gols marcados.

Outro ponto que vai contra ao São Paulo é que apenas duas vezes o time conseguiu vencer por dois ou mais gols de diferença – 2 a 0 contra o Botafogo, e 4 a 0 sobre a Chapecoense. Volpi, no entanto, espera uma equipe ofensiva no domingo pelas ideias implementadas pelo novo treinador.

– Apesar do pouco tempo (do trabalho de Fernando Diniz), quando o trabalho é bom as ideias ficam muito claras. Então, a gente tem gostado muito, tem se adaptado ou tratado se adaptar o mais rápido possível. A gente espera que a equipe possa fazer um jogo bem ofensivo, tratando de jogar para pressionar o Corinthians, tirá-los da zona de conforto e tentar ganhar o jogo, que é o mais importante – disse.

O São Paulo terá desfalques importantes, principalmente no ataque, são eles: Pablo, Toró, Everton e Rojas (lesionados) e Antony (seleção olímpica). Além deles, Daniel Alves também está fora por estar com a seleção brasileira. Juanfran é dúvida após ser substituído contra o Bahia com dores no adutor da coxa esquerda.

Um provável time, então, deve ter: Tiago Volpi, Igor Vinicius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan; Tchê Tchê, Hernanes, Igor Gomes e Liziero (Vitor Bueno); Alexandre Pato.