Com ataque inoperante no Brasileiro, Crespo lida com disputa acirrada no time titular

84

GazetaEsportiva

O técnico Hernán Crespo vem tendo de lidar com uma disputa acirrada por uma vaga no ataque do time titular do São Paulo. A equipe ainda não balançou as redes na competição após os dois primeiros jogos, mas vem de uma goleada por 9 a 1 sobre o 4 de Julho, pela Copa do Brasil.

No último sábado, contra o Atlético-GO, fora de casa, Hernán Crespo tirou Pablo do time titular. O camisa 9 vinha sendo uma das primeiras escolhas do treinador argentino desde que ele chegou ao Morumbi, mas, pelo desempenho abaixo das expectativas, enfim foi sacado para a entrada de Joao Rojas.

A perda da vaga no time titular parece ter feito bem a Pablo. Na última terça-feira, contra o 4 de Julho, o camisa 9 voltou a figurar entre os 11 iniciais e foi decisivo na classificação da sua equipe às oitavas de final da Copa do Brasil, saindo de campo com o seu primeiro hat-trick da carreira, além de uma assistência.

Publicidade

Além de Pablo, que alterna bons e maus momentos, Crespo tem Luciano, Eder, Rojas, Rigoni, Galeano, Paulinho Boia, Bruno Rodrigues e Vitinho como opções para compor o setor ofensivo. Precisando vencer a primeira partida neste Brasileirão, o São Paulo deve entrar em campo contra o Atlético-MG, neste domingo, com aquilo que tem de melhor, com exceção dos lesionados Daniel Alves, Benítez e Luan, além de Arboleda, que está defendendo a seleção equatoriana na Copa América.

Eder, Luciano e Pablo são os três jogadores que brigam pelas duas vagas no ataque da equipe. Na última terça-feira, contra o 4 de Julho, Luciano jogou como uma espécie de meia, com Eder e Pablo formando a dupla ofensiva. Resta saber se Hernán Crespo repetirá o esquema que deu certo contra o modesto rival do Piauí ou irá promover mudanças na equipe para um duelo muito mais difícil.

Leia também