Corinthians busca empate com São Paulo e mantém jejum e liderança do Brasileiro

38

GloboEsporte

Tricolor domina no primeiro tempo, abre placar com Calleri e fica perto de encerrar tabu em Itaquera; Adson, porém, empata no fim e deixa Timão ainda em primeiro na tabela.

Majestoso quente!

Corinthians e São Paulo ficaram no empate por 1 a 1 na tarde deste domingo, na Neo Química Arena, num resultado que mantém o Timão na liderança do Campeonato Brasileiro após esta sétima rodada e, de quebra, conserva também um tabu: o Tricolor continua sem vencer na casa do rival desde sua inauguração, em 2014. Agora são 16 jogos, com 10 vitórias corintianas e seis empates. Esta marca, porém, ficou perto de cair – Calleri abriu o placar em um primeiro tempo de domínio do São Paulo, mas, já na reta final, Adson igualou a partida num momento em que o Tricolor já se preocupava apenas em se defender. Num Majestoso quente, de boas chances e algumas polêmicas, o empate acabou sendo o mais justo. Assista aos melhores momentos:

Publicidade
Melhores momentos de Corinthians 1 x 1 São Paulo pela 7ª rodada do Brasileirão 2022

Melhores momentos de Corinthians 1 x 1 São Paulo pela 7ª rodada do Brasileirão 2022

Como fica?

O empate leva o Corinthians aos 14 pontos, ainda na liderança, enquanto o São Paulo sobe para 12, empatado com Palmeiras e Atlético-MG, mas em terceiro lugar por conta dos critérios de desempate, que favorecem os alviverdes.

Cássio defende chute de Calleri em Corinthians x São Paulo

Cássio defende chute de Calleri em Corinthians x São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Craque do Jogo

O goleiro Cássio foi eleito o melhor em campo pelo voto do público e também pelos comentaristas Caio Ribeiro e Casagrande. Não foi por acaso: o ídolo do Corinthians fez pelo menos quatro defesaças, três delas no primeiro tempo, em finalizações de Alisson e Calleri (duas vezes), e outra no segundo, em cabeçada de Igor Gomes que poderia ter dado a vitória ao São Paulo. No mesmo lance, porém, o goleiro lesionou o ombro e teve de ser substituído por Matheus Donelli.

Cássio é eleito o craque do jogo: "Acho que o resultado é justo"

Cássio é eleito o craque do jogo: “Acho que o resultado é justo”

Toca no Calleri…

Atacante fez seu terceiro gol em três clássicos contra o Corinthians em 2022 e aumentou sua artilharia no Brasileirão, agora com sete gols.

Calleri: "Tivemos muitas chances de fazer gol e só fizemos um"

Calleri: “Tivemos muitas chances de fazer gol e só fizemos um”

Primeiro tempo

O Majestoso foi quente como o esperado, e só não terminou com vantagem maior do São Paulo porque Cássio fez milagres pelo lado do Corinthians – em chute de Alisson, em cabeçada de Calleri e em uma sequência de finalizações tricolores no último minuto do jogo. Antes disso, o Timão havia iniciado o jogo com pressão, Renato Augusto com liberdade no meio e Willian levando vantagem pela esquerda, em cima de Igor Vinícius. Depois dos 15 minutos, o São Paulo ajustou a marcação no setor com a ajuda de Diego Costa e passou a tomar conta das ações: ganhou o meio-campo, confundiu a linha de três zagueiros e forçou o jogo com Reinaldo pela esquerda, em cima de Mantuan, que não está habituado à marcação. Ainda assim, o Timão abriria o placar na primeira escapada que Renato teve, em cruzamento perfeito para Jô vencer a marcação de Arboleda e mandar para as redes – o lance, porém, foi anulado por impedimento do camisa 8. Depois do susto, o São Paulo seguiu pressionando e não se abalou nem com a confusão geral nos acréscimos, iniciada após falta de Du Queiroz em Reinaldo. Logo depois, Calleri recebeu de Alisson na área, dominou e mandou para o gol, desta vez sem chances para Cássio: 1 a 0 merecido para o Tricolor, que também reclamou de pênalti não marcado na metade do primeiro tempo após uma bola na mão de Renato Augusto.

Aos 50 min do 1º tempo - gol de dentro da área de Jonathan Calleri do São Paulo contra o Corinthians

Aos 50 min do 1º tempo – gol de dentro da área de Jonathan Calleri do São Paulo contra o Corinthians

Segundo tempo

Mesmo com o bom desempenho do São Paulo, Ceni fez três mudanças e lançou Rafinha, Patrick e Eder nas vagas de Igor Vinícius, Reinaldo e Luciano. O Tricolor parece ter se perdido com as alterações e praticamente parou de jogar, deixando a bola com o Corinthians e se limitando a tentar ganhar tempo, cadenciar a partida e limitar as ações do rival. Vítor Pereira voltou com Adson no lugar de Gil, tirando a linha de três zagueiros e empurrando o São Paulo para seu campo. No entanto, os principais nomes corintianos estiveram em tarde técnica ruim e errando muito, casos de Renato Augusto e Willian – a melhor chance foi do São Paulo, com Eder recebendo em profundidade, driblando Cássio e fazendo o gol. O lance, porém, foi anulado por impedimento. Depois o Timão fez mais três mudanças, e aí sim melhorou: Lucas Piton, Giuliano e Júnior Moraes entraram bem e foram diretamente responsáveis pelo empate. Aos 34, Piton tabelou com Moraes e cruzou na cabeça de Adson, que entrou como uma flecha e finalizou sem chances para Jandrei. No fim, o Corinthians foi ainda mais empurrado pela torcida, pressionou, mas não conseguiu o gol da vitória. O São Paulo que teve a melhor chance, em cabeçada de Igor Gomes: Cássio salvou de novo.

Aos 34 min do 2º tempo - gol de cabeça de Adson do Corinthians contra o São Paulo

Aos 34 min do 2º tempo – gol de cabeça de Adson do Corinthians contra o São Paulo

Atuações do Corinthians

Corinthians (posado) x São Paulo

Corinthians (posado) x São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Atuações do São Paulo

Corinthians x São Paulo (posado)

Corinthians x São Paulo (posado) (Foto: Marcos Ribolli)

Central do Apito

O árbitro Wilton Pereira Sampaio não deu um pênalti após bola na mão de Renato Augusto, no primeiro tempo, para protesto dos jogadores do São Paulo, e anulou um gol de Jô após orientação do VAR, por impedimento de Renato Augusto no início da jogada. O comentarista Sálvio Spinola concordou com as duas marcações.

Central do Apito: Salvio Spinola não vê pênalti em toque na mão de Renato Augusto

Central do Apito: Salvio Spinola não vê pênalti em toque na mão de Renato Augusto

Não à homofobia

No segundo tempo, Wilton Pereira Sampaio alertou seus colegas de arbitragem sobre gritos homofóbicos da torcida do Corinthians na Neo Química Arena, que costumam acontecer em jogos contra o São Paulo. O incidente será citado na súmula.

Público e renda

Público: 44.672 pagantes.

Renda: R$ 3.688.132,50.

Torcida do Corinthians em jogo contra o São Paulo

Torcida do Corinthians em jogo contra o São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Próximos jogos

O Corinthians enfrenta o Always Ready na próxima quinta-feira, às 21h (de Brasília), na Neo Química Arena, buscando confirmar classificação às oitavas de final da Libertadores. O São Paulo, já classificado às oitavas da Sul-Americana, cumpre tabela contra o Ayacucho na quarta-feira, às 19h15, no Morumbi.

LEIA TAMBÉM: