Embaixadas fora do Brasil : Tricolores já tem sua casa em Barcelona

São Paulinos fora do Brasil se reunem em Barcelona para celebrar a Copa do Brasil

285

Depois de muito tempo de espera e busca, voltamos a ter uma Embaixada onde podemos reunir os tricolores para ver os jogos. Quem aqui era participante na comunidade da SPNET se lembra dos encontros tradicionais nos anos 2000, quando não podíamos ver os jogos no estádio; invariavelmente, enchíamos um lugar e às vezes até com transmissões ao vivo da Globo.

Agora estamos ainda mais longe, em Barcelona, a terra do clube onde ganhamos o primeiro mundial. Também foi o lugar para inaugurar nossa Embaixada SPNET e, de quebra, levar nossa primeira Copa do Brasil para casa.

Só existia uma regra: ninguém podia olhar no celular. Até o sinal chegar aqui, já deu tempo de criar até memes, e ninguém queria spoilers. O restaurante brasileiro InFusionFood é o ponto de encontro dos São-Paulinos em Barcelona. Fica em uma região centralizada próximo à estação Sants e Entença na C/ del Rosselló, 22. Além de pratos, eles servem ótimos petiscos de boteco. Tiago, o proprietário, que não por acaso é São-Paulino fanático, topou abrir o espaço para nós.

Leo de La Rosa, estudante vivendo em Barcelona

Publicidade

Leo de la Rosa, estudante e morador de Barcelona fez um belo resumo sobre a final vista de fora.

Para quem mora fora, especialmente na Europa e Ásia, onde o fuso horário não ajuda quando o jogo não é às 16:00, horário de Brasília, acabamos torcendo sozinhos pelas madrugadas. E lembrem-se, nesse caso, o celular também fica desligado, a não ser que você queira saber o resultado 5 minutos antes de assistir.

“Estar no Infusion no dia da final foi uma das coisas que devem ser chamadas de privilégio.

Minha jornada pela Europa começou 3 meses atrás, em junho, sendo que meu último jogo no Morumbi foi exatamente a primeira partida, que ganhamos de 1×0 com um golaço do Rafinha, contra o Palmeiras. Desde então, minha preocupação na Europa foi encontrar algum lugar para assistir nossos jogos e eventualmente comemorar o título.

A eliminação do Palmeiras vi em casa exatamente um dia antes de viajar (saudações aos meus vizinhos de cima, palmeirenses de nariz empinado). No primeiro jogo contra o Corinthians, vi em um quarto de hotel pela Grécia, acordando às 3 da manhã para ver a nossa derrota, sozinho.

Já para o jogo de volta, teve um certo misticismo porque estava em Liverpool e horas antes da partida, visitei o estádio do nosso querido freguês inglês para dar sorte. Naquele dia, da nossa virada, tive uma das maiores sensações que durante anos não sentia: estamos em uma grande final.

O tempo passou e eu parei aqui em Barcelona, decidido a criar raízes na cidade e é claro, decidido a encontrar um lugar para ver o nosso título inédito. Conheci um amigo por um grupo de Facebook e juntos encontramos um bar brasileiro que passaria a final. Fomos e, sem dúvidas, após conhecer o dono do bar, também São-Paulino, e outros tricolores, depois do primeiro jogo, tínhamos certeza de que lá guardava mais coisas especiais para nossa nação.

Na segunda partida, o clima já era outro. É uma final, com bandeirões e camisas decorando o bar. Claro que tínhamos consciência do nosso histórico recente em finais e decisões (creio que um filme sobre isso passou na cabeça de todos São-Paulinos depois do gol do Bruno Henrique), mas sabíamos que algo de bom nos aguardava.

Com o gol do Nestor, o bar explodiu e sentimos que estávamos fazendo parte da história do nosso São Paulo aqui na cidade de Barcelona.

Ao final do jogo então, finalmente campeões, a taça é nossa. E sim, pude sentir novamente que estava em casa, no Morumbi, cantando nosso hino, como foi contra o Palmeiras, com a mesma energia, com o torcedor pulsando, e como foi durante todos esses anos, conduzindo.”

Salve o Tricolor Paulista! São Paulinos cantam alto o hino tricolor em Barcelona

E a tradição da SPNET de reunir tricolores espalhados tem se mostrado pé quente, pois no jogo seguinte, ganhamos do Corinthians no Morumbi, e a embaixada estava lá aberta para nós, apesar do horário. Eles servem uma excelente galinhada, diga-se de passagem.

“Foi muito bom se reunir com os amigos. Nunca será a mesma coisa de estar lá no Morumbi apoiando e cantando com a torcida, mas valeu a pena. Fomos campeões em casa, um título inédito para nosso Gigante São Paulo! Agora é torcer para o nosso tricolor nos próximos desafios no Brasileirão e formar um time ainda melhor para o próximo ano!”

Diones Giovanelli – Sim, se você se perguntou o sobrenome não é coincidência, esse Giovanelli deu certo!

Torcida Tricolor na Embaixada SPNET no Infusion food Brasil, barcelona.

Nosso lendário Ricardo Shiro bem lembrou recentemente, antes do título. “Nós éramos mais fortes quando estávamos unidos.” E forçando a memória, ele tem razão, antes desta Copa, o nosso último título relevante foi o Brasileirão que assistimos todos unidos em um dos nossos históricos churrascos.

A embaixada vem se mostrado pé quente. Nos jogos que nos reunimos até o momento estamos invictos, lembrando que devido ao horário não podemos ver jogos durante a semana, o deslize contra o Goiás na 27ª rodada do Brasileirão a embaixada já estava fechada.

Se você morar em Barcelona ou estiver de passeio e por acaso tiver vontade de comer aquela comida brasileira com gosto de casa ou se tiver jogo no final de semana, fique ligado no Instagram do InfusionFood Brasil e nos stories da SPNET no Instagram.

Você está fora de São Paulo ou Brasil? Me escreva para nos conectarmos e ajudar os São Paulinos turistas ou não a ter sempre um local para assistir o jogo junto dos nossos, e vamos São Paulo, em qualquer lugar do planeta!

Renann[@]saopaulofc.com.br

Atenção: O conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representa a opinião dos colaboradores da SPNET.