Além das 4 linhas – O que nos falta?

0
346

Eu fico lendo os comentários de quem acho que vale a pena ler e todos dizem que o elenco do SPFC não fica devendo para a maioria dos clubes. Eu não vejo muitas opiniões sobre o Aguirre, apenas de que o time anda recuando demais, e também não vejo mais comentários sobre a política interna do clube.

Mas eu sei que a política do clube está em guerra. O vice-presidente abriu guerra contra o presidente, bem ao estilo de quem não se preocupa com o clube e sim com a própria vida. Eu também sei que Aguirre não é um treinador vitorioso e que em seu último trabalho, no San Lorenzo da Argentina, saiu com fama de saber montar o sistema defensivo e não saber montar o sistema ofensivo do time. Sei também que seu último trabalho no Brasil não foi bom. É isso que nos falta, um bom treinador? Ou o que falta é um bom presidente? Ou os dois?

Olhando para o time vejo aquele lateral direito Bruno ganhando muito e não jogando nada e quando Militão não joga o clube conta com o ex-lateral do São Bento, “um craque”. Vejo também o quanto Cueva é bom jogador e que tem uma cabeça cheia de merda. Isso me chateia muito, pois o cara sabe mudar um jogo. Também sinto a falta de um bom camisa 9. Será que realmente o Diego Souza vai criar vergonha e passar a suar a camisa? O Aguirre diz que o cara é atacante e que foi convocado pelo Tite como atacante. Isso faz sentido. É que o Dorival Jr dizia que não, que Diego era meia. O jogador veio a público dizer que teve uma conversa olho no olho com o treinador e que gostou da postura de homem do uruguaio. Que volte a jogar seu futebol e tire esta cara de merda que anda vestindo. Parece que nunca está onde está. Falta o camisa 9 mesmo ou o Diego será este cara?

O Marcos Guilherme, um dos melhores jogadores dos últimos meses do time, anda de cabeça baixa e é compreensível. Está numa novela sem fim previsível por razão inexplicável, já que se tem um acordo verbal para sua permanência até dezembro. Mas parece que no Brasil acordo verbal não é mais cumprido. Tomara que o cara seja comprado. Os recursos poderiam vir da saída do traíra Militão, que a exemplo do Oscar, parece disposto a sair pela porta dos fundos. O Marcos Guilherme não é craque, mas tem raça e sabe jogar bola, além de ser tricolor de coração. Ou será que o elenco tem uns traíras apodrecendo o ambiente e quem corre está sendo deixado de lado e desanimando os outros?

Se é para perder jogador, que seja o citado Bruno, o Cueva, o Rodrigo Caio e o Militão.Os dois primeiros por motivos bem diferentes dos outros dois. Mas o lado bom é que pode entrar uma grana boa nos cofres do clube se os 3 forem vendidos e o Bruno, quem sabe, envolvido numa troca. Sem dúvidas um bom lateral direito o clube precisará e um zagueiro também.

Mas o fato é que estamos vendo uma evolução no futebol apresentado pelo time, logo após vermos uma mudança de postura da maioria. Mas falta evoluir ainda mais. O ataque ainda não convence e o meio de campo troca muito pouca a bola, fazendo o time ter pouca posse de bola. Acredito até que a evolução poderia estar sendo mais rápida, será que é isso que nos falta, um treinador? Se ninguém mais fala que o time é fraco, que o futebol cresça! Aliás, na crítica após o empate de domingo li assim: Qual clube tem hoje Jean, Anderson, Petros, Cueva, Marcos Guilherme, Valdívia e Carneiro no Banco?  

O que está faltando ao tricolor agora? Acredito que o elenco é para mais do que a tabela do campeonato brasileiro mostra hoje: Uma fraca fotografia.

Será que nos falta tempo para treinar? O tempo vai dizer.

Salve o tricolor Paulista, o clube da Fé.

carlito150x150Carlito Sampaio Góes é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários